Senado inclui lactantes e outros grupos entre prioridades para vacinar

Texto segue para a Câmara

118

Print Friendly, PDF & Email

Por Marcelo Brandão

O Senado aprovou hoje (15) um projeto de lei (PL) que inclui lactantes como grupo prioritário para a vacinação contra a covid-19. De acordo com o texto, todas as mulheres desse perfil seriam consideradas prioridade, independentemente de idade ou da existência de comorbidades. O texto segue para a Câmara.

O projeto lista esse grupo nas prioridades do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19. O autor do PL, o senador Jean Paul Prates (PT-RN), elencou como motivos para a apresentação do projeto a diminuição da chance de uma lactante que volta ao trabalho presencial adoecer e contaminar o filho e a redução do índice de mortalidade materna, entre outros.

Publicidade

A relatora do projeto, Zenaide Maia (Pros-RN), incluiu no texto as gestantes, puérperas, crianças e adolescentes com deficiência permanente ou com comorbidade, e adolescentes privados de liberdade no quadro de grupos prioritários para a vacinação.

FONTEAgência Senado
Artigo anteriorPonte Aérea Rio-São Paulo testa reconhecimento facial em passageiros
Próximo artigoDireção do Sindate se reúne com Ministério da Saúde para solicitar esclarecimentos a respeito da Atenção Primária à Saúde