Em três, dias governo de Ibaneis vacinou mais de 21 mil pessoas com a primeira dose. Mais de cem mil estão agendados

Ainda há vagas disponíveis para marcar vacinação para quem tem entre 50 e 59 anos, comorbidades e, também, rodoviários

Print Friendly, PDF & Email

O Distrito Federal avançou na vacinação por faixas etárias e já imuniza pessoas a partir dos 50 anos sem comorbidades. Entre sexta-feira (11) e este domingo (13), foram vacinadas 21.247 pessoas com a primeira dose (D1) e 268 com a segunda. Nesses mesmos dias, pelo site vacina.saude.df.gov.br 103.368 pessoas agendaram a primeira dose, que começou a ser aplicada no sábado e continua até o dia 18.

O agendamento continua aberto para quem tem entre 50 e 59 anos, rodoviários e pessoas com comorbidades a partir dos 18 anos. A maior parte dos agendados (22.168) marcou a aplicação do imunizante para segunda-feira (14). Para terça-feira (15), até o momento, a pasta aguarda o comparecimento aos postos de 22.084 indivíduos e, na quarta, outros 20.475. Os números são parciais, uma vez que o agendamento segue aberto.

Publicidade

Balanço

Até as 17h deste domingo, a Secretaria de Saúde já havia aplicado a primeira dose em 757.213 pessoas, o que corresponde a 32.78% da população elegível a receber a vacina, que são adultos a partir dos 18 anos. Com o reforço, foram 327.210 vacinados – 14,17% de cobertura vacinal.

Durante a campanha, até o momento, 180.808 pessoas do grupo com comorbidades já foram vacinadas com a D1, sendo que 1.880 já receberam o reforço. O grupo de trabalhadores da saúde tem 155.033 vacinados com a primeira dose e 107.985 com a segunda. O terceiro grupo mais vacinado é de pessoas entre 60 e 64 anos que soma, até o momento, 104.372 D1 aplicadas e 6.727 D2.

FONTEAgência Brasília
Artigo anteriorSegundo gestão de Ibaneis, DF deve aplicar 186 mil unidades da segunda dose contra o coronavírus
Próximo artigoCovid-19: Butantan entrega mais 1 milhão de doses de vacina ao PNI