Retirado do ar por “acesso fora do padrão”, serviços no portal do STF serão restabelecidos gradualmente

48
Print Friendly, PDF & Email

O acesso à homepage do site do Supremo Tribunal Federal e os mais importantes serviços, como o acompanhamento processual, pesquisa de jurisprudência e a divulgação da pauta de julgamentos, foram normalizados.

Outras páginas internas seguem em manutenção e serão restabelecidas para usuários externos gradualmente nos próximos dias.

Na última quinta-feira (6), o STF identificou um acesso fora do padrão em seu portal e, para garantir a segurança das informações, o site foi retirado do ar para usuários externos. Foram iniciadas análises e reforço de segurança em todas as páginas.

Publicidade

O sistema de peticionamento eletrônico se manteve disponível, mas o tribunal decidiu suspender a contagem de prazos nos dias 6 e 7 em razão de eventuais dificuldades que operadores do direito possam ter registrado – saiba mais.

Caso você busque com urgência uma informação indisponível, entre em contato por meio do telefone do suporte em informática: 55-61-3217-3416 (Helpdesk). Jornalistas devem encaminhar pedidos e dúvidas para imprensa@stf.jus.br.

Veja abaixo a lista de serviços cujas páginas passam por manutenção:

Atualizado em 10/05, 11h

Legenda:

Página liberada: ✅
Página em manutenção: ❌
Página com instabilidade: ⚠️

Lista de serviços:

Homepage – ✅
Peticionamento eletrônico – ✅
Acompanhamento Processual – ✅
Pauta de julgamentos – ✅
Pesquisa de jurisprudência – ✅
Acompanhamento do Plenário Virtual – ❌
Noticias – ✅
Certidão – ❌
CMS – ❌
Ata de Distribuicão – ❌
DJe – ❌
Custas Processuais – ❌
Repercussão Geral – ❌
Agenda do presidente – ❌
Agenda dos ministros – ❌
Transparência e prestação de contas – ❌
Listagem de todas as notícias – ❌
Central do Cidadão / Fale conosco – ❌
Portal Internacional – ❌
Informe Mercojur – ❌

FONTESTF
Artigo anteriorMédia de mortes diárias por covid-19 cai 28% em um mês no país
Próximo artigoTCDF determina que o IGESDF mantenha registros de leitos de Covid atualizados