Diretores e gestores de escolas públicas aprendem sobre planejamento de contratações em curso do TCDF

34
Print Friendly, PDF & Email

Cerca de 600 servidores da Secretaria de Educação do Distrito Federal que fazem a gestão de recursos destinados a escolas públicas do DF participam do curso ‘Programa de Descentralização Administrativa e Financeira – PDAF: como executar e prestar contas corretamente’, promovido pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), por meio de sua Escola de Contas Públicas (Escon). A capacitação tem como público-alvo diretores, vice-diretores e demais servidores que atuam com verbas do PDAF. Também participam do evento servidores da Câmara Legislativa do Distrito Federal, instituição parceira do Tribunal na realização do curso, por meio da Escola do Legislativo do DF (Elegis). Com transmissão online pelo canal do TCDF no YouTube, o evento termina no próximo dia 6 de maio, quinta-feira.

No primeiro dia de evento, os participantes aprenderam sobre o planejamento no âmbito das contratações públicas. Eles também ouviram relatos sobre os casos em que a falta de planejamento resultou em processos no TCDF. Os servidores também tiveram acesso a informações sobre legislação, criação e objetivos do PDAF.

Os palestrantes foram Elizeth Oliveira, chefe da Unidade Regional de Administração Geral do CRE Ceilândia, e Juarez Felix Medeiros, Auditor de Controle Externo do TCDF. O curso também terá como instrutores a gerente de Prestação de Recursos Descentralizados da SEE/DF, Cristina Meirelles, e o Auditor de Controle Externo do TCDF Elwys Presley dos Reis.

Publicidade

Durante a abertura, o presidente do TCDF, Conselheiro Paulo Tadeu, ressaltou a importância da realização do evento, que traz uma nova perspectiva quanto à atuação do Tribunal de Contas e da Câmara Legislativa, ao aproximar a sociedade dessas instituições, que são importantíssimas no desenvolvimento social, econômico e na garantia da democracia e do estado democrático de direito.

Já o presidente da CLDF, Rafael Prudente, salientou a expressividade dos recursos destinados às escolas públicas do DF por meio do PDAF, que alcançaram R$ 136 milhões em 2020. Também participaram da abertura do curso o secretário de Educação do DF, Leandro Cruz, e a diretora do Sindicato dos Professores no DF (Sinpro-DF), Rosilene Corrêa.

FONTETCDF
Artigo anteriorEm assembleia virtual, profissionais da iniciativa privada reprovam mais uma vez a CCT
Próximo artigoEtesb abre inscrições para cursos técnicos em enfermagem e saúde bucal