Sejus vacina todos os conselheiros tutelares do Distrito Federal

A categoria, que trabalha sem interrupção desde o início da pandemia, está incluída no grupo prioritário por exercer atividade essencial à população

18
Print Friendly, PDF & Email

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), conseguiu autorização da Secretaria de Saúde para imunizar  152 conselheiros tutelares do DF. A primeira dose da vacinação contra o coronavírus foi aplicada nesta segunda-feira (26), às 14h30, na Unidade Básica de Saúde (UBS-02), do Cruzeiro Velho. Até então, os conselheiros seriam vacinados em grupo de cinquenta profissionais. Com a mudança, toda a equipe de 202 pessoas recebeu a primeira dose, já que 50 profissionais haviam sido vacinados anteriormente, no Hospital do Guará. Os conselheiros tutelares estão incluídos no grupo prioritário por exercerem trabalho essencial à população.

“A segurança dos conselheiros tutelares é nossa prioridade. Desde o início da pandemia a categoria continuou trabalhando. Sabemos da importância dos conselheiros tutelares, que são a porta de entrada para receber as demandas da comunidade”Marcela Passamani, secretária de Justiça

A secretária de Justiça, Marcela Passamani, ressalta que cumpriu um compromisso assumido e é uma grande vitória para todos. “A segurança dos conselheiros tutelares é nossa prioridade. Desde o início da pandemia a categoria continuou trabalhando. Sabemos da importância dos conselheiros tutelares, que são a porta de entrada para receber as demandas da comunidade. Nós, enquanto governo, assumimos o compromisso, através do governador Ibaneis Rocha, de vacinar estes profissionais que atuam diretamente na linha de frente, no combate a diversos tipos de violências e vulnerabilidades de meninos e meninas do DF”.

Conselho Tutelar

O Conselho Tutelar é órgão criado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA. Um dos seus objetivos é atuar no atendimento a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade ou violação de direitos.

Publicidade

O momento é importante para os profissionais continuarem atuando de forma mais segura, é o que diz a conselheira tutelar do Cruzeiro, Viviane Dourado. “É essencial estarmos imunizados nesse momento de pandemia, porque as violências têm acontecido nas famílias e precisamos estar protegidos para também poder continuar protegendo as crianças, adolescentes e mulheres que também são vítimas de violência. O isolamento tem contribuído com o aumento das estatísticas de violência”, disse.

Agradecido, o conselheiro tutelar Adjânio Francisco dos Santos, da região administrativa de Samambaia Norte, disse que o momento é histórico para a categoria no DF. “Agradeço ao governo do Distrito Federal e à secretária Marcela, que não mediu esforços para poder trazer a vacinação para os conselheiros tutelares. Este dia vai entrar para história dos conselheiros, já perdemos colegas, estamos em situação de vulnerabilidade. Espero que a gente consiga vacinar logo toda a população”.

Pontos de vacinação

Para receber a segunda dose do imunizante, os conselheiros não precisam fazer o agendamento. A Sejus mantém pontos de vacinação nas regiões administrativas de Ceilândia, na Praça dos Direitos na QNN 13; no Recanto das Emas, quadra 113, no CEU das Artes e no Itapoã, no Del Lago, na quadra 203.

FONTEAgência Brasília
Artigo anteriorComeça a Campanha do Agasalho Solidário 2021 no DF
Próximo artigoIGESDF apresenta medidas para sua recuperação financeira