fbpx


Início POLÍTICA BRASIL Ator Marcos Palmeira pede apoio ao PL do Piso Salarial da Enfermagem...

Ator Marcos Palmeira pede apoio ao PL do Piso Salarial da Enfermagem em tramitação no Senado

1241
Print Friendly, PDF & Email

Por Kleber Karpov

Um video publicado pelo ator Marcos Palmeira, viralizou nas redes sociais, em especial, entre os profissionais de Enfermagem, por pedir apoio ao Projeto de Lei  (PL) 2564/2020, em tramitação no Senado Federal. Nele, o ator lembra o momento da pandemia da covid-19 que o país atravessa e ressalta a importância do reconhecimento da atuação da categoria.

“Vamos apoiar a PL 2564 que está tramitando no Senado Federal que cria o piso salarial, digno, da Enfermagem. Acho que nesse momento de pandemia, de Covid-19, talvez seja o mais importarte de a gente fazer alguma coisa, realmente reconhecendo a importância da enfermagem no tratamento da saúde e no cuidado com as pessoas. Então, por favor, diga sim a PL 2564.”, disse Palmeira.

Reconhecimento

O clamor de Marcos Palmeira, ressalta a contradição que atinge em cheio a enfermagem brasileira. De um lado, aclamada como verdadeiros heróis na batalha contra a pandemia do coronavírus, do outro, profissionais com péssimas remunerações enquanto aguardam, há mais de 20 anos, a votação do piso salarial pelo Congresso Nacional.

Sob essa ótica, há 10 dias, Política Distrital (PD) publicou matéria sobre crítica do deputado distrital, Jorge Vianna (Podemos), enfermeiro e técnico em Enfermagem, em relação ao fisiologismo da classe política, em especial, do Congresso Nacional, para com a categoria.

Vianna observou que projetos que tramitam nas duas casas e beneficiam a categoria são simplesmente ‘esquecidos’ nas gavetas. Alguns, por décadas. “Temos projetos, inúmeros, que favorecem os trabalhadores da Saúde em todos os aspectos, e há uma dificuldade muito grande, pois, o interesse individual de cada um está acima. E eu não falo de todos os deputados, mas a grande maioria, no fundo, não reconhecem [os profissionais de saúde]. A gente tem um projeto na Câmara Federal, das 30 horas semanais, que já virou até piada, porque já são 21 anos.”, frisou.

Na mesma linha, também se posicionam entidades ligadas a Enfermagem. Para o conselheiro do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), Gilney Guerra. “É chegada ao hora de o Senado Federal mostrar que a Enfermagem merece mais do que aplausos e garantir condições mínimas de subsistência para os profissionais”.

Consulta Pública

Nessa semana, o Senado Federal, colocou o PL do piso salarial da Enfermagem, de autoria do Senador Fabiano Contarato (REDE/ES), para consulta pública (Veja Aqui), conta com 517.950 manifestações favoráveis, contra 2.260 contrárias.

O PL está sob relatoria da senadora Zenaide Maia (PROS RN), que se declarou favorável ao piso salarial proposto, de R$ 7.315,00 aos enfermeiros, R$ 5.120,00 os técnicos em enfermagem e, R$ 3.657,00 aos auxiliares de enfermagem e parteiras.

Heróis

A presidente do Cofen, Betânia dos Santos, protocolou, na sexta-feira (16/Abr), oficio em nome do Sistema Cofen/Conselhos Regionais, em que pede  apoio do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM MG) ao PL. No documento, o Conselho relata as condições de trabalho e renda enfrentadas pelos 2,4 milhões de profissionais de enfermagem. Desses, mais de 50% atuam diretamente na linha de frente do combate à pandemia.

Dados do Cofen, apontam ainda que, até 11 de março, 649 profissionais vieram a óbito, em decorrência da Covid-19.

Confira o ofício