Sindicato não vota proposta do Metrô-DF e transfere greve para segunda-feira (19)

48
Print Friendly, PDF & Email
A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) foi comunicada formalmente pelo SindMetrô, após assembleia realizada na noite de quinta-feira (15), que a categoria entrará em greve às 00h00 da próxima segunda-feira (19).
O Metrô-DF lamenta que a proposta formalizada pela Companhia na última quarta-feira não tenha sido colocada em votação pelo Sindicato, já que contempla avanços na negociação. Foram incorporadas à proposta inicial cláusulas que atendem a reivindicações da categoria, como nova escala de trabalho para agentes de estação e seguranças e gratificação por quebra de caixa, entre outras.
Em documento enviado à Companhia, o Sindicato afirma que, caso mantida a greve, em nova assembleia no próximo domingo (18), vai manter efetivo para despachar apenas oito trens nos horários de pico, correspondente a um terço do total, o que seria extremamente prejudicial à população neste momento de pandemia. Vale ressaltar que, desde o início da pandemia, o Metrô-DF adotou uma política de manter 100% da operação, apesar da redução drástica no número de usuários, como estratégia para aumentar o distanciamento.
Para evitar uma paralisação que prejudique a população e os próprios empregados, o Metrô-DF segue aberto às negociações. Espera, no entanto, que o SindMetrô apresente de fato a proposta aos empregados para deliberação, em vez de negá-la sem a devida consulta à categoria.
Artigo anteriorBeneficiários do Bolsa Família começam a receber auxílio emergencial
Próximo artigoDireitos Humanos: Celina Leão é a nova coordenadora da Secretaria da Mulher