Idosos com 66 anos ou mais vão poder se vacinar contra a Covid-19, a partir de amanhã (9), em Ceilândia

Ação Sua Vida Vale Muito Vacinação, em parceria com a Secretaria de Saúde, acontecerá na sexta-feira (9), das 9h às 17h

28
Print Friendly, PDF & Email

Será retomada  nesta sexta-feira(9), a oitava edição do “Sua Vida Vale Muito Vacinação”, da Secretaria de Justiça e Cidadania (SEJUS), em parceria com a Secretaria de Saúde. A imunização  contra a covid-19, vai ocorrer na Praça dos Direitos, na QNN 13, em Ceilândia, das 09h às 17h. Idosos, com idade mínima de 66 anos, podem optar pela ação itinerante da SEJUS, com segurança e conforto na hora de se vacinarem.

Para a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, o GDF está, de forma eficiente, cumprindo o plano de vacinação do grupo prioritário de maneira segura e responsável. “Com a chegada de novas doses das vacinas, adquiridas pelo Ministério da Saúde, o GDF está, com toda prioridade, acelerando a fila de espera na imunização dos idosos. A Secretaria de Justiça recebe o apoio do governador Ibaneis Rocha para que ações efetivas, como o Sua Vida Vale Muito, que ocorre nas comunidades possam acelerar a imunização dos grupos prioritários”.

Na Praça dos Direitos não será necessário agendamento. Para organizar e dar celeridade ao atendimento, a imunização acontecerá por ordem de chegada e  mediante a entrega de senhas. Os idosos do grupo prioritário que vão tomar a vacina, devem levar o documento de identidade com foto e o cartão de vacinação.

Publicidade

Auxílio no deslocamento para idosos em parceria com a empresa de transporte por aplicativo,  99

Vale ressaltar que o idoso que precisar de auxílio no deslocamento para chegar aos pontos de vacinação deverá entrar no site (link: https://suavidavalemuito.sejus.df.gov.br/) e efetuar um rápido cadastro que, ao validar a faixa etária e cruzar os dados, automaticamente vai liberar até dois códigos por CPF, garantindo a ida e a volta para qualquer unidade de saúde que estiver vacinando. Os códigos são exclusivos para os grupos prioritários que serão vacinados.

Os códigos poderão ser utilizados em até 14 dias, após a inserção no aplicativo da 99.

Artigo anteriorNação BRB FLA já registra a marca de 300 mil contas
Próximo artigoTribunal determina retorno de lockdown no DF