Frota do Detran-DF ganha novo visual

Nesta quarta-feira (24), GDF entregou mais 123 viaturas, que vão ajudar na fiscalização e combate à covid

25
Print Friendly, PDF & Email

Por Ana Luiza Vinhote

Para reforçar a fiscalização de trânsito e o combate a pandemia do novo coronavírus na capital, o Governo do Distrito Federal (GDF) entregou 123 novas viaturas ao Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF). São 108 veículos tipo sedan e 15 motocicletas que renovam a antiga frota e geram economia aos cofres públicos. A entrega simbólica dos veículos ocorreu na manhã desta quarta-feira (24), no Salão Branco do Palácio do Buriti.

“O Detran-DF, que é exemplo em todo Brasil, tem trabalhado de forma integrada com os demais órgãos de segurança pública, nos ajudando no reforço de fiscalização e combate à covid-19. Temos a melhor polícia de trânsito do país”Governador Ibaneis Rocha

“O Detran-DF, que é exemplo em todo Brasil, tem trabalhado de forma integrada com os demais órgãos de segurança pública, nos ajudando no reforço de fiscalização e combate à covid-19. Temos a melhor polícia de trânsito do país. Chega de tratá-los como um órgão de punição, mas sim de grande importância para a população da capital”, destaca o governador Ibaneis Rocha.

O diretor-geral do Detran-DF, Zélio Maia, reforça que mesmo em época de pandemia, as entregas do governo local continuam. “Sejam obras, serviços ou acolhimento das pessoas vulneráveis, como a CNH Social. Já temos 30 mil inscritos na busca pelo documento. 5 mil serão contemplados este ano”, informa.

“Esses veículos que estão sendo entregues hoje são destinados à segurança da sociedade. Costuma-se falar que a função do Detran é de multar, mas é a de fiscalização com ferramentas educativas. A educação em todos os campos evita o desrespeito à legislação”, conclui Zélio Maia.

Anderson Torres, secretário de Segurança, agradeceu à parceria dos órgãos no combate a covid-19. “O Detran é fundamental no toque de recolher e nas operações que nós realizamos, como o Quinto Mandamento. Desde o primeiro dia os servidores nos ajudaram e continuam com esse trabalho integrado”, elogia o titular da pasta.

Economia

O GDF adquiriu 15 motocicletas categoria Trail/Big Trail – de fabricação nacional – da marca Triumph e modelo Tiger 800XCx. Cada uma custou R$ 57.446,45 |Foto: Lúcio Bernardo Jr / Agência Brasília

A renovação da frota ocorreu por meio de pregão eletrônico e faz parte de um projeto que busca cortar gastos. Um levantamento apontou despesa anual de R$ 4.614.933,98 com as manutenções das viaturas e, por isso, o órgão decidiu pela substituição dos veículos operacionais por modelos mais econômicos e que não gerassem custos altos.

Além disso, a autarquia aderiu ao sistema TáxiGov, da Secretaria de Economia, para atender aos serviços administrativos.

Com isso, a contenção de gastos será de R$ 1.681.424,26 em manutenções preventivas e corretivas e R$ 197.970,60, em gastos com combustível. As viaturas que prestam esses serviços serão leiloadas.

Modelos

São 108 veículos tipo Sedan, modelo Corolla XEI 2.0 Flex. O carro é vendido no mercado convencional por R$140 mil, mas custou aos cofres públicos R$ 100.480, já com o novo layout de identificação.

São 108 veículos tipo Sedan, modelo Corolla XEI 2.0 Flex. O carro é vendido no mercado convencional por R$140 mil

Também foram adquiridos 15 motocicletas categoria Trail/Big Trail – de fabricação nacional – da marca Triumph e modelo Tiger 800XCx. Cada uma custou R$ 57.446,45. Elas vão substituir a antiga frota da Unidade de Motociclistas Operacionais de Trânsito (Umop), que já possuem seis anos de uso e apresentam defasagem em relação aos equipamentos de segurança.

Novo layout

Os carros terão novo layout, utilizando a Marcação de Battenburg, na qual o amarelo fluorescente em contraste com o preto proporciona mais visibilidade em operações diurnas e noturnas. Esse tipo de padronização foi desenvolvida na década de 1990, pelo Departamento Científico da Polícia do Reino Unido em cooperação com a Associação dos Chefes de Política do Comitê de Trânsito. Até hoje é considerado o design mais moderno em relação à caracterização de viaturas de trânsito na Europa.

Estudos científicos concluíram que a Marcação de Battenburg é extremamente eficiente na proteção dos agentes durante a realização de operações viárias, como atendimento a acidentes de trânsito, blitzes e apoio operacional nas faixas de rolamento das vias – durante o dia ou à noite, principalmente em razão das disposições das cores e do material de alta tecnologia, denominado vinil retrorrefletivo.

“Devido à alta refletância, que o contraste entre o preto e o amarelo fluorescente proporciona, a viatura pode ser vista e identificada a mais ou menos 500 metros, de forma a inibir as práticas de crime e irregularidades que geram riscos de acidentes”, explica o diretor de Policiamento e Fiscalização de Trânsito, Lúcio Lahm.

Vacinação

O governador Ibaneis Rocha também lembrou a inclusão da categoria na próxima etapa de imunização, após a vacinação dos profissionais de saúde que trabalham no Instituto Médico Legal, de funerárias e da saúde. “Eu os considero como força policial. Há alguns anos também tivemos essa alteração na Constituição Federal da República”, lembra.

“Os servidores poderão retornar às famílias com a certeza de que não estão levando o vírus para dentro de casa. É de suma importância que vocês continuem com saúde e ativos. Que a gente tenha o mínimo de pessoas que sejam contaminadas pela covid-19”, pontua o chefe do Executivo local.

Ibaneis Rocha reforçou a importância da conscientização da população para frear a disseminação do novo coronavírus. “Só estamos vivendo o que está acontecendo no país e no DF pela extrema falta de conscientização daqueles que insistem em descumprir as regras e desafiar o vírus que já provou que mata milhares de pessoas”, comenta.