Sindate apura denúncias de profissionais que ainda não receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19

92
Print Friendly, PDF & Email

O Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem (Sindate-DF) vem recebendo nos últimos dias, diversas denúncias referentes à falta da aplicação da primeira e segunda dose da vacina contra a Covid-19 em hospitais públicos e privados do DF.

Em entrevista ao portal Metrópoles nesta quinta-feira (18), o diretor da entidade Newton Batista afirmou que profissionais de diversos setores de unidades hospitalares, mesmo com a ampliação da imunização, ainda não receberam sequer a primeira dose da vacina. Batista cita como exemplo os trabalhadores da oncologia do Hospital de Base. “Estão apreensivos, alguns até desesperados. A Secretaria de Saúde começou a aplicação da 2ª dose, mas muitos profissionais de saúde não receberam a 1ª aplicação”, salienta.

Já de acordo com a diretora Josy Jacob, a falta das vacinas atinge várias áreas dos hospitais. “Recebemos a informação de que a 2ª dose será apenas para quem recebeu a 1ª. E quem não recebeu vai ter que ir nos postos de saúde, onde os idosos estão sendo vacinados. Será uma espécie de disputa”, enfatiza.

A direção do Sindate destaca que diversos serviços como home care, clínicas e até o Instituto de Cardiologia (ICDF) sofrem com a falta de imunização e garante que durante os próximos dias intensificará as fiscalizações nesses locais e cobrará um posicionamento da Secretária de Saúde.