Codhab assina aditivo para restaurar área atingida por erosão em SOl Nascente/ Pôr do Sol

Serão investidos R$ 240 mil em um ano para a revitalização de terreno afetado por erosão na Chácara 94

72
Print Friendly, PDF & Email

Mais uma área atingida por erosão será revitalizada no Sol Nascente/Pôr do Sol. A Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab-DF) assinou aditivo ao Contrato nº 66/2018 que trata do Plano de Recuperação de Áreas Degradadas (Prad) para recuperar terreno atingido na Chácara 94, Trecho II.

O aditivo foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal, página 42, desta quarta-feira (17), prevendo investimentos de R$ 240 mil durante 12 meses a cargo da empresa Geológica, vencedora da licitação. Os serviços previstos abrangem a retirada de lixo e entulho, retaludamento e suavização do relevo, preparação do solo, plantio de gramíneas e mudas de árvores nativas do Cerrado.

Além de evitar prejuízos ao meio ambiente, restaurar essas áreas vai proporcionar mais segurança e qualidade de vida aos moradoresWellington Luiz, presidente da Codhab

Ação conjunta

Essa é uma ação da Codhab e mais quatro órgãos do GDF — Administração Regional do Sol Nascente/Pôr do Sol, Secretaria de Obras e Infraestrutura, Defesa Civil e Brasília Ambiental. Os prazos e detalhes dos serviços serão definidos com a firma licitada visando acertar o cronograma da execução dos trabalhos. Imagens da erosão são mostradas em relatório da Codhab-DF.

“Além de evitar prejuízos ao meio ambiente, restaurar essas áreas vai proporcionar mais segurança e qualidade de vida aos moradores. É uma prioridade do governador Ibaneis Rocha”, afirma o presidente da Codhab, Wellington Luiz.

Em setembro do ano passado, o GDF iniciou a recuperação de áreas degradadas em 13 pontos do Sol Nascente/Pôr do Sol. Locais que sofrem com as erosões formando barrancos e valas enormes. Acúmulo de entulhos, lixo e a chegada das chuvas aumentam os problemas na região.