Presidente da Fecomércio-DF, Francisco Maia morre vítima da Covid

Francisco Maia Farias tinha 71 anos e estava internado na UTI do Hospital Santa Lúcia Norte

161


Print Friendly, PDF & Email

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio-DF), o jornalista, Francisco Maia Farias, 71 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira (17/2) vítima da Covid-19. Farias estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Lúcia Norte desde 17 de janeiro.

Como apontou o secretário de Estado de Economia, André Clemente, ao lamentar a morte do presidente da Fecomércio-DF, Farias foi “um grande representante do setor produtivo, cuja contribuição para o desenvolvimento econômico do DF é inestimável”.

Também a frente da Instituição, há 21 anos, nos último oito, na condição de presidente da Fecomércio-DF, Farias foi umas das vozes a se levantar em apoio ao governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), e ajudar a combater a disseminação do coronavírus, que o vitimou, em especial, aos comerciários do Distrito Federal.

Publicidade

Nesse sentido, Farias atuou para promover campanhas de conscientização, garantir a realização de testes de covid-19, e atuar na convergência de negócios para as plataformas digitais para garantir a manutenção dos comerciários do DF, atuar junto ao BRB para obter concessão de crédito aos empresários do setor para lidarem com a pandemia, além de realizar doações à Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF).

Casado há 44 anos com Solange Pinheiro Farias, deixa três filhos e seis netos.