Covid-19: força-tarefa do MPDFT vistoria três pontos de vacinação

MPDFT acompanha o primeiro dia de atendimento de pessoas com 79 anos

36
Print Friendly, PDF & Email

A força-tarefa do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) que fiscaliza as medidas de combate à Covid-19 acompanhou, na manhã desta terça-feira, 9 de fevereiro, o início da vacinação para pessoas com 79 anos. As vistorias foram realizadas na Unidade Básica de Saúde (UBS) da 612 sul, no Estacionamento 13 do Parque da Cidade e na UBS 1 de Taguatinga.

O coordenador da força-tarefa, José Eduardo Sabo, destaca que, nesses locais, o atendimento tem sido adequado. “Na UBS da 612 sul, até agora, mais de 120 pessoas já foram atendidas. Enquanto isso, a UBS está em funcionamento, ou seja, não há interrupção dos outros serviços”, afirmou.

No Estacionamento 13 do Parque da Cidade, a vacinação também ocorre de forma organizada. O mesmo foi verificado em Taguatinga. “As pessoas têm sido atendidas de forma rápida e isso nos deixa tranquilos” concluiu o procurador de Justiça.

Atuação da força-tarefa

Desde o início da campanha, os representantes da força-tarefa realizam inspeções nos pontos de vacinação. Em 2 de fevereiro, o MPDFT esteve no Estacionamento 13 do Parque da Cidade, no Pontão do Lago Sul e nas UBS da 612 sul e da 114/115 norte, onde foram relatados problemas no primeiro dia de atendimento. Ao retornar a esses locais, em 3 de fevereiro, os integrantes do MPDFT constataram maior agilidade na imunização das pessoas idosas com mais de 80 anos.

O MPDFT havia se antecipado ao problema verificado no início da vacinação. Em 31 de janeiro, um dia antes do início da imunização, a força-tarefa expediu ofício em que requisitava providências para evitar aglomerações, dada a vulnerabilidade da população idosa. Também foram sugeridas soluções como a imunização em sistema drive-thru e o agendamento pela internet.