Sindate-DF: Nota de apoio e solidariedade ao Técnico em Enfermagem Williamar Dias

668
Print Friendly, PDF & Email

O Técnico em Enfermagem Williamar Dias Ribeiro foi afastado do seu cargo por determinação do Tribunal de Justiça do Distrito Federal a pedido do Ministério Público. O servidor estava lotado na Ala de Tratamento Psiquiátrico da Penitenciária Feminina (Colméia).

A decisão o afasta do seu posto no período de junho até dezembro de 2020. Porém ao questionar se o retorno às atividades já estava autorizado, Ribeiro foi informado que o seu afastamento é administrativo e somente a Secretaria de Saúde poderia revogar a decisão.

A equipe de saúde da UBS 16 onde Williamar trabalhava publicou uma nota de manisfesto que afirma: “Por todo exposto, esta equipe Manifesta Repúdio frente ao novo afastamento do referido servidor, que é importante no desenvolvimento do processo de trabalho da equipe, tendo feito enorme falta na unidade e é querido e respeitado por quase unanimidade dos colegas de trabalho, sejam profissionais da saúde, sejam da segurança.”

Publicidade

O diretor do Sindate Newton Batista declara: ” É preocupante ver um trabalhador sendo crucificado da forma que estão fazendo com o Williamar, sem antes ter um processo julgado ou até às investigações cabíveis. Espero que tudo se esclareça e seja resolvido. Porque o Williamar sempre pautou sua vida com responsabilidade, ética e transparência. Além de representar o Sindate no Conselho de Saúde com mestria. Acredito que o Williamar será absorvido assim como condenados aqueles que estão apontando à ele essa calúnia. Ressalto que as decisões foram tomadas sem que lhe fosse dado o direito a ampla defesa e o Sindate irá acompanhar passo a passo desse processo, para resguardar o Williamar de qualquer procedimento irregular.”

Leia o manisfesto da equipe na íntegra:

FONTESindate-DF
Artigo anterior“Corte de 30% em verbas para a Fapesp é retrocesso devastador para a ciência brasileira”, afirma pesquisador responsável por estudos no combate à Covid-19
Próximo artigoPlanos de Saúde: ANS recebeu quase 15 mil queixas relacionadas à covid-19 desde março