Secretário de Saúde faz apelo para população vacinar crianças contra a poliomielite

Ele destaca que os números de cobertura vacinal estão muito abaixo da meta e que crianças devem ser imunizadas. Campanha vai até 30 de outubro

105


Print Friendly, PDF & Email

Por Jurana Lopes

Neste domingo (18), o secretário de Saúde do Distrito Federal, Osnei Okumoto, deu entrevista na rádio Atividade FM e falou sobre algumas ações da Secretaria de Saúde, entre elas, o Dia D da Campanha de Vacinação contra a poliomielite e a Multivacinação, que acontecem até o dia 30 de outubro.

Okumoto agradeceu às equipes pelo empenho no Dia D, pois estiveram muito engajadas e ativas com a campanha mas destacou que os números da cobertura vacinal ainda estão bem abaixo da meta.

Publicidade

“Estamos muito aquém da meta, temos em torno de 160 mil crianças que precisam ser vacinadas. Faço um apelo para que todas as famílias levem suas crianças para vacinar, pois as unidades de saúde estão com as salas de vacinação disponíveis”, afirmou.

Segundo ele, a poliomielite é uma doença grave, e todas crianças precisam da imunização. Além disso, está ocorrendo, paralelamente, a campanha de Multivacinação, que é voltada para a atualização da caderneta de vacina, realizada nas Unidades Básicas de Saúde.

“Com a pandemia, muitas pessoas deixaram de procurar as nossas unidades com medo e, por isso, estão com as imunizações atrasadas. Estamos abastecidos de outras vacinas como da gripe, pentavalente, tríplice viral, HPV, por isso é importante manter as vacinas em dia e procurar uma de nossas unidades”, reiterou.

Além de falar sobre a vacinação, o secretário de Saúde parabenizou todos os médicos pelo seu dia, principalmente em meio à pandemia, em que o papel do profissional mostra-se imprescindível para a sociedade.

“Parabenizo todos os médicos que fazem o trabalho diretamente, seu papel é fundamental para ter uma saúde cada vez melhor, seja eles da rede pública ou privada”, afirmou.

Por fim, Okumoto lembrou que houve aumento da sífilis no Brasil e fez um apelo para que todos utilizem preservativo e se protejam dessa doença.