Jaqueline Silva assina requerimento da CPI da Pandemia para CLDF investigar desvios na Saúde do DF

Assinatura ocorre após pedido do presidente Nacional do PTB, Roberto Jefferson. Com 13 assinaturas, CLDF fica apta à instaurar uma terceira CPI

285
jaqueline silva
Print Friendly, PDF & Email

Por Kleber Karpov

A deputada distrital, Jaqueline Silva (PTB), assinou o requerimento de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia e completa as 13 assinaturas necessárias para garantir a instalação de uma terceira CPI na Câmara Legislativa do DF (CLDF), visto que a casa aprecia outras duas.

O anúncio foi realizado pela deputada, que se encontra em licença médica, horas após o site Radio Corredor publicar matéria (Veja Aqui)(27/Ago) em que publicitou o pedido do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, para que a parlamentar assinasse o requerimento.

“Não pode o PTB ficar em aberto no Distrito Federal, que é a vitrine do Brasil, não pode. Pede ela para assinar, pedido meu, que assine essa CPI contra esse roubo cometido na Secretaria de Saúde do Distrito Federal.”, afirmou Roberto Jefferson.

Ao divulgar a assinatura do requerimento, por meio das redes sociais, Jaqueline Silva, apontou a necessidade de se investigar eventuais desvios de recursos destinados a combater a pandemia do coronavírus (Covid-10). Vale observar que a deputada, recentemente, perdeu um parente, se encontra com o esposo internado, além de ser diagnosticada com o Covid-19.

“Pessoal, quero informar a vocês que assinei o requerimento de CPI para investigar possíveis desvios de recursos destinados ao combate da pandemia de coronavírus. Com base em tudo que foi divulgado, acredito que a Câmara Legislativa, que tem papel de fiscalizar o governo, não poderia ficar de braços cruzados. Precisamos investigar com seriedade. São milhares de vidas perdidas e famílias de luto. Uma dor que não pode ser ignorada ou esquecida.”, publicou Jaqueline Silva.

Reprodução: Instagram, Jaqueline Silva

CPI da Pandemia

Com as 13 assinaturas, necessárias, a instauração da CPI da Pandemia, a mesa diretora da CLDF deve deliberar, em realizar do colégio de líderes, nesta quinta-feira (27/Ago), e decidir se a leitura do requerimento deve ser apreciada pelo plenário da Casa para instauração da CPI da Pandemia.

Se instaurada, a Casa, deve investigar supostos desvio de recursos, apontados pela segunda etapa da operação ‘Falso Negativo’, deflagrada pela Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT), que levou a prisão, preventiva, do secretário de Estado de Saúde do DF (SES-DF), Francisco Araújo, além de outros sete gestores da SES-DF, e envolve ainda outros investigados em oito estados, além do DF.

Na noite de quarta-feira (26/Ago), membros da Comissão Especial para Acompanhar os Gastos com Ações de Combate ao Coronavírus no DF (Comissão Especial do Covid), composta pelos senadores Izalci Lucas (PSDB), Leila Barros (PSB), além das deputadas federais Paula Belmonte (Cidadania) e Erika Kokay (PT), da bancada do DF, no Congresso Nacional, se reuniram com distritais para pedir a instauração da CPI da Pandemia.

Assinaturas

Até o momento, além de Leandro Grass, autor do requerimento de pedido de instauração da CPI assinam, também, os deputados: Arlete Sampaio (PT), Chico Vigilante (PT), Daniel Donizet (PL), Eduardo Pedrosa (PTC), Fabio Felix (PSOL), João Cardoso (AVANTE), Jaqueline Silva (PTB), Jorge Vianna (PODEMOS), Julia Lucy (NOVO), Reginaldo Sardinha (AVANTE), Reginaldo Veras (PDT), Roosevelt Vilela (PSB).