Sindate visita HRT para apurar irregularidades de desvio de funções dos profissionais de saúde

285
Print Friendly, PDF & Email

Atendendo ao chamado dos profissionais da saúde para averiguar irregularidades, a diretora do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Distrito Federal (Sindate-DF) Elza Aparecida, esteve na manhã desta quarta-feira (26/8), no Hospital Regional de Taguatinga (HRT).

Segundo denúncias, os auxiliares e os técnicos de enfermagem estariam desempenhando funções designadas aos padioleiros. Em virtude do ocorrido, o sindicato se reuniu com a direção do hospital e com o chefe do NARP, reivindicando a retirada da função de padiolagem dos profissionais.

Foi informado durante a reunião, que a situação será resolvida, e que mesmo o hospital dispondo de padioleiros, não possui um quantitativo suficiente para atender toda a demanda. Diante disso, a gerência de enfermagem e o chefe do NARP irão fazer um levantamento da necessidade para obterem números concretos e em seguida repassar para a superintendência. Estiveram presentes na reunião, o substituto do Superintendente, o técnico em radiologia, a gerente de enfermagem e o chefe do NARP.

A diretora Elza falou das dificuldades enfrentadas pelos profissionais.“Além de não ser uma atribuição destes profissionais, este é um serviço extremamente pesado, desconfortável, que demanda conduzir uma cadeira ou uma maca e ainda ter que observar o quadro clínico do paciente”.

De acordo com a Resolução de nº 588, não é atribuição do auxiliar e técnico em enfermagem fazer a condução da cadeira de rodas e de maca do serviço de movimentação de paciente intra-hospitalar. O Sindate está buscando junto as superintendências regionais, que sejam tomadas as providências cabíveis para o cumprimento da resolução, a fim de garantir que o direito dos trabalhadores seja respeitado, e garantir também melhores condições de trabalho aos profissionais.