A pedido de Dr. Leonardo, Ministério da Agricultura destrava recurso que beneficiará pequenos produtores em MT

Recurso - que estava travado no MAPA desde 2018 e seria perdido em definitivo em 2020 devido a legislação eleitoral se não houvesse liberação financeira nesta semana - beneficiará mais de 1000 famílias da cadeia da produção de leite

37
Print Friendly, PDF & Email

Mais de mil famílias envolvidas na rede de produção leiteira no pólo de Cáceres a Araputanga serão beneficiados com o destravamento de recursos a pedido do diretor da Frente Parlamentar da Agropecuária deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade-MT), realizada pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina. Ela assinou a liberação financeira para repassar R$ 1,46 milhão ao Consórcio Complexo Nascentes do Pantanal para aquisição de patrulhas mecanizadas e equipamentos de apoio à produção de leite.  Os recursos se referea convênio celebrado em 2018, mas que estavam parados e poderiam não ser mais pagos neste ano se demorasse mais uma semana, devido a legislação eleitoral.

Os equipamentos servirão melhorar as condições técnicas das pequenas propriedades, incrementando a produção de leite, e, consequentemente, melhorando a renda das famílias e aumentando a demanda de serviços na indústria leiteira da região. “Trata-se de um círculo virtuoso. Os equipamentos representam uma economia muito grande para os pequenos produtores. Representa investimento na melhoria do pasto; melhorando o pasto, melhora a alimentação do gado e aumenta a quantidade e qualidade da produção de leite, revertendo em mais renda para os produtores, mais emprego, mais condições para quem vive do campo”, afirmou o deputado.

O Consórcio atende mais de 980 produtores de leite espalhados em 14 municípios, incluindo Araputanga, Cáceres, Curvelândia, Figueirópolis D’Oeste, Glória DOeste, Indiavaí, Jauru, Lambari DOeste, Mirassol D’Oeste, Porto Esperidião, Reserva do Cabaçal, Rio Branco, Salto do Céu e São José dos Quatro Marcos. Também será diretamente afetada pela liberação a  Coopnoroeste-Lacbom, que emprega diretamente 300 colaboradores, além de operadores de patrulhas mecanizadas e outros empregos gerados indiretamente. “Com o Consórcio adquirindo esse equipamento para atender os produtores, vamos melhorar a vida de 1280 famílias de forma direta e muitas outras de forma indireta”, afirmou o deputado Dr. Leonardo.

Depois de agradecer a ministra Tereza Cristina por ter tido sensibilidade de atender ao pedido e compreender a importância do recurso para melhorar a vida de tantas pessoas, o deputado aproveitou para destacar a importância do trabalho do Consórcio e da Cooperativa, que realiza um trabalho social junto aos pequenos produtores, dando assistência e incentivos para continuarem produzindo. “Esta foi uma das melhores notícias que recebemos neste momento. O setor pecuário leiteiro tem sofrido um desânimo muito grande nesta atividade, fazendo com que muitos parassem de produzir por falta de condições. Esta notícia vem dar um novo ânimo para o setor”, afirmou o presidente da COOPNOROESTE,  Mizael Barreto. “Estamos muito contentes e agradecidos. É disso que precisamos, de pessoas como o deputado, que dá apoio para quem está no campo”, completou Mizael.

O deputado Dr. Leonardo vem trabalhando em defesa da bacia leiteira da Região Sudoeste-Oeste desde o mandato de deputado estadual, quando destinou emendas e fez gestões junto ao Governo do Estado para entrega de 28 resfriadores de leite, uma demanda dos produtores na ocasião“Tenho trabalhado muito para levar desenvolvimento, emprego e renda para Região Sudoeste”, reforçou o deputado. Só este ano já foram R$  7.732.222,00 em Recurso extra orçamentário exclusivo para Covid; R$  2.978.814,71 em auxílio para Santas Casas; e R$ 43.834.153,54 de auxílio para os municípios da Região Sudoeste e Oeste.

Fonte: Ascom Dr. Leonardo