Covid-19: DF registra maior número de mortes desde o início da pandemia

O novo recorde diária é de 57 óbitos por Covid-19 em um só dia. Nas últimas 24 horas, 1.415 pessoas foram diagnosticadas com o novo coronavírus

227
Print Friendly, PDF & Email

Por Ana Paula Oliveira

O Distrito Federal chegou a triste marca de 1.819 mortes pelo novo coronavírus, nesta terça-feira (11/8). O painel Covid-19 da Secretaria da Saúde do DF, atualizado diariamente, registrou o maior número de mortes em um só dia, desde o início da pandemia, com 57 notificações. Desse grupo, 1.652 pessoa eram moradoras do DF e 163 residiam em outras unidades da Federação, mas se tratavam em hospitais brasilienses.

O recorde anterior foi registrado em 28 de julho com 52 óbitos em um só dia.

As mortes colocadas nas estatísticas oficiais do DF, nesta terça são de moradores de Ceilândia, Taguatinga, Samambaia, Plano Piloto, Gama, Planaltina, Santa Maria, Guará, Recanto das Emas, Sobradinho, Águas Claras, Paranoá, São Sebastião, Riacho Fundo, Vicente Pires, Pôr do Sol e Park Way.

Também nas últimas 24 horas, 1.415 pessoas receberam diagnóstico positivo para o novo coronavírus. Assim, o número de infectados chega a 127.484. Desde o início da pandemia, 108.598 pacientes já se recuperaram da doença, restando, ainda, 18.886 casos ativos. Desse total, 90 pacientes aguardam internação em um leito de UTI, de acordo com a sala de situação da Covid-19 no DF.