Pandemia: adiar cirurgias e tratamentos oculares pode causar danos irreversíveis à visão

300
Print Friendly, PDF & Email

O isolamento social decorrente da pandemia do coronavírus Covid-19 tem feito muita gente evitar de ir ao médico. No entanto, os olhos são uma região muito sensível e adiar cirurgias e tratamentos pode causar danos irreversíveis à visão. A implantação da consulta online surgiu como uma das soluções para evitar que a pessoa saia de casa. Contudo, na área oftalmológica, a maioria dos problemas precisa ser diagnosticado e tratado presencialmente.

De acordo com o oftalmologista Hilton Medeiros, da Clínica de Olhos João Eugenio, o paciente que não comparece aos exames regulares do glaucoma e da retinopatia diabética, por exemplo, pode ter perda significativa e irreparável da visão.

O mesmo ocorre com pacientes que sofrem de Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI), sobretudo àqueles que precisam fazer as injeções seriadas para não perder a visão. “Sem as injeções frequentes, o paciente corre o risco de ter fibrose, daí não se recupera mais a visão. E na pandemia muitos pacientes deixaram de fazer este acompanhamento”, relata o médico.

Publicidade

Consulta online x presencial

Hilton Medeiros afirma que a consulta online na área oftalmológica é útil para casos mais simples. “Conseguimos esclarecer sobre olhos vermelhos, terçol, lesões palpebrais, conjuntivite. No entanto, no caso de lesões do fundo de olho, a gente precisa ter o paciente no consultório porque online não é possível fazer a medição da pressão ocular, um exame de fundo de olho ou ver se tem um processo inflamatório intraocular”, esclarece o especialista.

Segundo ele, muitas vezes a consulta se inicia online e depois o paciente é encaminhado para o atendimento presencial. “É comum começarmos com a telemedicina e depois encaminharmos o paciente para a consulta presencial. Só que mesmo nesse caso, a consulta presencial é mais rápida porque o paciente já chega com o caso direcionado e isso encurta o tempo dele na clínica”, afirma Medeiros.

Prevenção e tratamento com segurança

Hoje as clínicas estão muito bem preparadas para receber os pacientes com toda segurança. Hilton Medeiros diz que os pacientes podem continuar fazendo suas consultas preventivas e tratamentos sem medo. “Tomamos uma série de medidas visando preservar a saúde dos médicos, pacientes e funcionários. Aumentamos o tempo entre as consultas; os ambientes são higienizados a cada 30 min e os consultórios a cada paciente; distribuímos dispensers de álcool em gel em diversos pontos da clínica e pedimos que os pacientes venham com no máximo um acompanhante, todos utilizando máscara”, detalha o oftalmologista.

Fonte: Ascom Clínica de Olhos João Eugenio

Artigo anterior‘Quero rosas brancas enfeitando meu caixão’, disse técnico de enfermagem à mãe antes de ser entubado e morrer de Covid em MT
Próximo artigoLives: Sesc Viva Cultura do mês de agosto tem Ellen Oléria, MV Bill e Zélia Duncan