Morre técnico em Laboratório do Hospital de Ceilândia, vítima de Covid-19

7854
Print Friendly, PDF & Email

Colegas devem acompanhar, cortejo com saída a partir do HRC, na sexta-feira (17/Jul), as 9h30, juntamente com o carro funerário

Por Kleber Karpov

Nesta quinta-feira (16/Jul), o técnico em Laboratório do Hospital Regional de Ceilândia (HRC), Bruno da Rocha Correia, 44 anos, morreu, vítima do Covid-19. A informação foi repassada ao Política Distrital (PD), pelo presidente do Sindicato dos Técnicos e Auxiliares de Laboratório do DF (Sintralab-DF), André Angelo da Silva Cruz, que lamentou a morte do amigo.

“Trabalhamos por sete anos juntos, muitas risadas, muitos papos, ele sempre com um sorriso no rosto, parecia um político, amigo de todos na UPANB [Unidade de Pronto Atendimento Núcleo Bandeirante], quando chegava para o plantão ia falar com todos, desde vigilantes, profissionais da limpeza, na hora da ceia, fazíamos a festa com a comida da Sanoli, e hj com sua notícia repentina de partida, me resta saudades, não dá pra acreditar, meu amigo que sempre eu falava da sua barriga, agora só saudades, que Deus o tenha em Belo lugar, ainda tenho a foto de quando quase todos nós decidimos sair da UPA(IGESDF) e retornaremos pra SESDF, rimos bastante naquele dia e ficamos de marcar nosso churrasco e infelizmente por causa deste  vírus não foi possível… você estará sempre em nossas memórias.”, publicou na rede social Facebook.

O deputado distrital, Jorge Vianna (Podemos), também publicou Nota de Pesar pelo falecimento de de Correia. “Deixo meus sinceros sentimentos aos familiares do Bruno, mais um guerreiro que partiu, assim como ao André Angelo e a todos os profissionais de saúde do DF. Me coloco a disposição para tentarmos reduzir ao máximo, a possibilidade de contaminação dos servidores que atuam na linha de frente, contra o coronavírus.”.