Novo teste realizado por Bolsonaro volta a dar positivo para Covid-19

251
Print Friendly, PDF & Email

‘Garoto propaganda’ da Cloroquina, Bolsonaro é criticado por incentivar o uso do medicamento para combater coronavírus

Por Kleber Karpov

Segundo reportagem da CNN Brasil, desta quarta-feira (15/Jul), um novo teste realizado pelo presidente da República Federativa do Brasil, Jair Bolsonaro, voltou a dar resultado positivo para infecção pelo coronavírus (Covid-19). O segundo exame ocorre, após o chefe do Executivo anunciar (7/Jul), ter contraído o Covid-19.

Na ocasião, Bolsonaro se tornou alvo de críticas da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), por expor profissionais de imprensa. Isso após convocar jornalistas, de veículos com ‘afinidade’ com o governo, para anunciar, o resultado positivo para Covid-19. A ABI informou que ingressaria com notícia-crime contra o presidente, junto ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Atualmente isolado, no Palácio do Alvorada, onde despacha, por meio de videoconferências, Bolsonaro chegou a afirmar, na segunda-feira (13/Jul), a retomada das atividades, após realizar novos exames. Porém, com o novo resultado, resta saber se o chefe do Executivo deve permanecer em isolamento ou se vai desrespeitar as diretrizes, de isolamento, sugerido pelas autoridades sanitárias.

Cloroquina

Defensor do uso de Hidroxicloroquina e cloroquina, as pessoas contaminadas pelo coronavírus, ainda no início dos primeiros sintomas, após o anúncio do teste positivo, Bolsonaro voltou a recomendar o uso da cloroquina como medicamento para combater a doença. Indicação essa que resultou em manifestações contrárias a postura do chefe do Executivo por políticos e autoridades sanitárias.

Mesmo com a distribuição de milhares de doses de cloroquina, o Brasil soma, atualmente, com 75.366 mil óbitos por Covid-19, e 1.966.748 registros positivos de pessoas com coronavírus, de acordo com dados do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (CONASS).