Secretaria de Saúde amplia carga horária, para 40 horas, de 276 servidores da saúde do DF

699
Print Friendly, PDF & Email

Ampliação de carga horária aumenta capacidade de atendimento de pacientes com Covid-19 unidades nas regiões de saúde Sul, Norte, Leste, Oeste, Sudoeste e Centro-Sul

Por Kleber Karpov

Na sexta-feira (3/Jul), a Secretaria de Estado de Saúde do  DF (SES-DF), anunciou a ampliação de carga horaria para 276 servidores, de 20 para 40 horas semanais. Os nomes dos contemplados foram publicados no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF). Medida foi comemorada e deve ampliar a capacidade de atendimento de pacientes vítimas do coronavírus (Covid-19).

Dentre as categorias beneficiadas estão médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, fisioterapeutas, Auxiliares Operacionais de Serviços Diretos (AOSDs) e farmacêuticos ampliam em 5.520 horas, a capacidade de atendimento pela SES-DF.

“Com o recebimento de 150 novos respiradores e a abertura de mais leitos, o governo decidiu ampliar a carga horária dos servidores capacitados para o serviço, assegurando uma assistência melhor aos pacientes durante a pandemia”, explicou o secretário de Saúde, Francisco Araújo.

Na rede social, Instagram, o deputado distrital, Jorge Vianna (Podemos), agradeceu ao governador, Ibaneis Rocha (MDB) e a Araújo, por atender ao pedido de ampliação de carga horária dos servidores públicos da SES-DF.

Outro a comemorar foi o diretor do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF (SINDATE-DF), Newton Batista. Para o sindicalista, a SES-DF reforça a capacidade de atendimento aos pacientes com Covid-19. A categoria teve 142 técnicos em enfermagem, entre os 276 profissionais de saúde, com carga horaria ampliada.

“Essa é uma reivindicação que temos feito a tempos, sobretudo nesse momento de pandemia. Com a ampliação de carga horária aos 142 técnicos em enfermagem, a Secretaria aumentou aí, 2.840 horas em diversas especialidades nas unidades hospitalar, com profissionais capacitados e treinados para lidar com a pandemia. Algo que certamente dará mais resultado que a realização de contratações temporárias.”, disse Batista.

Reforço

Em maio, a SES-DF, ampliou a carga horária de 108 servidores de diversas categorias da Saúde, além de Araújo anunciar, em junho, a contratação emergencial de ao menos 900 profissionais de saúde para ajudar a conter a pandemia do Covid-19.

Também na última semana, a Secretaria de Estado de Economia do DF, também divulgou a autorização para realização de concurso público para preenchimento de 915 vagas para agentes de saúde. Dessas, 100 para Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e 915 para Agentes de Vigilância Ambiental (AVAS).