fbpx
Início POLÍTICA DISTRITO FEDERAL GDF libera construção de viaduto do Riacho Fundo I

GDF libera construção de viaduto do Riacho Fundo I

327
Print Friendly, PDF & Email

GDF liberou R$ 6 milhões para o DER dar início ao processo de escolha da empresa responsável pela execução da obra

Por Hédio Ferreira Jr

O Governo do Distrito Federal (GDF) autorizou a abertura do processo de licitação da obra de construção do viaduto do Riacho Fundo I. A estrutura será erguida sobre o entroncamento de acesso para a região administrativa com a DF-075 (EPNB), e a Área de Desenvolvimento Econômico (ADE), de Águas Claras.

Nesta quinta-feira (26), o governador Ibaneis Rocha, por meio da Secretaria de Economia, liberou ao Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF) R$ 6 milhões para o início do processo de licitação, com expectativa de publicação em cerca de dez dias. O custo total da obra é de R$ 25 milhões.

A construção do viaduto no entroncamento do Riacho Fundo I fazia parte do projeto de instalação do BRT Eixo Sudoeste, que vai do Núcleo Bandeirante ao Recanto das Emas. Pela grandeza da interferência viária, foi pinçado e projetado separadamente.

A intervenção deverá impactar a vida de pelo menos 100 mil motoristas que passam pelo entroncamento diariamente. A EPNB é uma via de ligação para diversas regiões administrativas como o Gama e Santa Maria, além do próprio Riacho Fundo 1. A rodovia dá também acesso à saída de Brasília no sentido Goiânia (GO).

“É um ponto de encontro crítico que terá um gargalo desafogado depois de pronto, dando fluidez a um trânsito sobrecarregado, principalmente nos horários de pico”, afirma o diretor-geral do DER-DF, Fauzi Nacfur Jr.

Detalhes da execução

Também esta semana o governador autorizou ao DER fechar o termo de referência e preparar a publicação do edital. Esse texto especifica as condições da obra e detalha tudo que precisará ser feito e usado pela empresa vencedora do processo. Caberá a ela também apresentar um plano de obra, mapeando os desvios e os tempos de fechamento dos semáforos para minimizar os impactos no trânsito durante a construção do viaduto.

Pela Lei de Licitações nº 8666/93, o edital precisa aguardar 30 dias para que os candidatos apresentem a documentação necessária. Cumpridos os prazos para recursos, entre 60 e 90 dias, o processo licitatório é encerrado. A expectativa é que a construção comece até o início de outubro e dure aproximadamente um ano.

Fonte: Agência Brasília