MPDFT pede explicações ao HRAN sobre leitos bloqueados em UTI

127
Print Friendly, PDF & Email

A Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde do MPDFT solicitou informações à chefia da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN). O ofício, encaminhando nesta terça-feira, 26 de maio, dá prazo de cinco dias para que hospital indique a quantidade total de leitos de UTI exclusivos para tratamento da Covid-19, com a especificação de quantos estão ocupados e quantos estão bloqueados ou reservados, assim como a justificativa para os bloqueios.

O MPDFT também apura situação em que médica intensivista teria sido orientada a trabalhar em plantão no hospital mesmo com sintomas da doença. A Promotoria, que integra a força-tarefa do MPDFT para acompanhamento as ações de combate e prevenção à pandemia de Covid-19, também esteve, na última sexta-feira, no Hospital de Campanha no Estádio Nacional. O local ainda não tinha recebido nenhum paciente. O objetivo foi verificar o fornecimento e a instalação dos equipamentos. A equipe observou que o hospital ainda não estava totalmente estruturado e alguns materiais ainda estavam em falta. Uma equipe de peritos do MPDFT elabora relatório completo sobre a vistoria.

Fonte: MPDFT