Decreto de Ibaneis passa trabalhadores de Educação a atividade essencial à saúde no DF

382
Print Friendly, PDF & Email

Vianna parabenizou Ibaneis e sugeriu inclusão de nutricionistas e condutores de veículos de emergência no decerto

Por Kleber Karpov

O governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), editou o Decreto nº 40.824, em publicado em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) de segunda-feira (25). Rocha estabeleceu a atividade de educação física, até então inclusa apenas na área de desporto e lazer, à condição de essencial na área de atendimento à saúde.

De acordo com o texto, educadores físicos passam a ter acesso aos equipamentos públicos de saúde e de assistência social. Inclusive, com atuação em programas sociais do governo, desde que sejam observados todos os protocolos e medidas de segurança recomendados pelas autoridades sanitárias.

A medida ainda deve possibilitar, que novas vagas de emprego sejam geradas a uma das categorias mais afetadas pela crise proveniente da pandemia do coronavírus no DF. Tanto em ações de grupos multidisciplinares do governo quanto em programas sociais.

Repercussão

A iniciativa de Rocha foi parabenizada pelo deputado distrital, Jorge Vianna (Podemos). Para o deputado, pediu ainda que o Executivo, inclua as categorias de nutricionistas e os condutores de veículos de emergência. “Essas duas categorias estão trabalhando, e muito, para ajudar no combate ao Covid e sequer são considerados profissionais da área saúde, então seria um reconhecimento do governador, e nosso, de inclui-los nesse decreto. Então esse é um pedido que faço ao governo.”.

Fonte: Jorge Vianna