Projeto Mãos Que Ajudam produzirá 3 milhões de máscaras para doação em todo o país

Só no DF serão confeccionadas 7 mil máscaras até o final deste mês

200
Print Friendly, PDF & Email

Por Ana Paula Oliveira

O Projeto Mãos que Ajudam a Preservar Vidas da Igreja no Brasil de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias direcionou as ações do programa para atender a demanda de confecção de máscaras para instituições que ajudam famílias carentes. A meta é produzir 3 milhões de máscaras em todo o país até o final de maio.

No Distrito Federal, as unidades de Vicente Pires, Taguatinga, Samambaia e Recanto das Emas devem fabricar 7 mil unidades de proteção facial. A regional de Santo Antônio Descoberto, em Goiás, também está incluída no projeto. Todo o trabalho é realizado por homens e mulheres voluntários. Cerca de 5 mil pessoas estão envolvidas na ação nas 2.142 congregações da igreja.

“Este ano, a principal ação seria voltada a iniciativas ligadas ao Meio Ambiente. Todavia, numa decisão unânime, a liderança nacional da Igreja informa que ‘devido à realidade que estamos vivendo e às necessidades que vêm surgindo com a pandemia da COVID-19, recomendamos uma adaptação ao projeto deste ano”, comentou, o presidente Aidukaitis, líder da Igreja no Brasil.

Antes de ser entregue, cada unidade do produto é lavada e, depois embalada. O material é 100% algodão. A produção de máscaras para doação deve durar até o mês de junho.

Empresas do DF que queiram doar insumos ou entidades que necessitem de doação de máscaras podem entrar em contato com a presidente da Sociedade do Socorro, Senhorinha, pelo número: (61) 9 9963-2509. Conheça o programa e o trabalho voluntário da igreja