Coronavírus: Defesa Civil monitora 38 asilos do DF

Técnicos verificam se instituições seguem dando atenção ao plano de combate à propagação da Covid-19

53
Print Friendly, PDF & Email

Agência Brasília*

Asilos vistoriados pela Subsecretaria do Sistema de Defesa Civil desde o início da pandemia começaram a ser monitorados a partir desta segunda-feira (27). O objetivo é verificar se as 38 instituições observadas seguem dando atenção ao Plano de Ação e Mitigação de Contaminação pelo novo coronavírus já apresentado pelo órgão.

Esta é a terceira vez que as instituições de longa permanência para idosos receberão as equipes desde o início do atual cenário pandêmico. O monitoramento passa a fazer das atividades do órgão, de forma cíclica – serão, assim, permanentemente verificados.

“Apesar de não terem sido encontrados grandes problemas nas primeiras visitas, é necessário o acompanhamento, já que este público é apontado pelos órgãos oficiais de saúde como mais vulnerável ao vírus”, explicou o coordenador de Operações da Defesa Civil, tenente-coronel Sinfrônio Lopes.

Durante as visitas serão observados aspectos como recepção,atuação dos profissionais – como equipe de enfermagem, de cuidadores e de limpeza – e como está funcionando o serviço de alimentação para os idosos.

“Vamos verificar se está sendo feita a distribuição de álcool a 70% em gel e se funcionários estão utilizando os equipamentos de proteção individual, como máscaras e luvas. Outro aspecto que observaremos é se estão fazendo o controle de acesso de visitas dos familiares e amigos para cumprimento da regra de distanciamento social”, disse Lopes.

Os estabelecimentos que durante as primeiras visitas foram identificados com pequenas irregularidades foram advertidos e orientados quanto ao correto dos procedimentos necessários.

* Com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP/DF)

Fonte: Agência Brasília