MPDFT e Secretaria de Educação discutem retorno às aulas no DF

301
Print Friendly, PDF & Email

Decreto suspendeu as atividades escolares até 31/5. Preocupação do Ministério Público é de que o retorno às aulas represente um retrocesso do esforço coletivo para conter a pandemia

Integrantes de força-tarefa do Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) que acompanha as ações de prevenção e combate à Covid-19 se reuniram com a Secretaria de Educação para tratar do retorno das atividades escolares. No encontro, realizado nesta quinta-feira, 23 de abril, foram discutidos assuntos como transporte escolar e medidas de segurança sanitária para minimizar a contaminação no âmbito das escolas.

O grupo coordenado pelo procurador distrital dos Direitos do Cidadão, Eduardo Sabo, reuniu-se virtualmente com secretário de Educação, João Pedro Ferraz, que explicou sobre o planejamento para o retorno das aulas. A previsão é de que as atividades sejam iniciadas pelo Ensino Médio, tanto na rede pública como particular. Os promotores de Justiça das áreas da saúde, educação e consumidor apresentaram as suas preocupações e o gestor se mostrou aberto para receber as contribuições do Ministério Público para assegurar a segurança sanitária.

“Temos a preocupação de que sejam medidas realistas e passíveis de implementação imediata, levando em conta as discrepâncias existentes no sistema de educação. Estamos acompanhando e vamos seguir monitorando cada ação do governo”, afirmou a promotora de Justiça de Defesa da Educação Catia Vergara.

Fonte: MPDFT