Vice-chefe de missão da Embaixada Britânica na Hungria, morreu vítima do covid-19

1859
Print Friendly, PDF & Email

Por Fabiana Ceyhan

Steven Dick, 37, vice-chefe de missão da Embaixada Britânica em Budapeste, morreu na terça-feira depois de ter testado positivo para o Covid-19. Ele se tornou vice-chefe de missão na Embaixada Britânica na Hungria em dezembro de 2019.

Em um comunicado, seus pais Steven e Carol Dick disseram: “Steven era um filho, neto e sobrinho muito amado. Ele era gentil, engraçado e generoso. “Sempre foi seu sonho trabalhar no Ministério de Relações Exteriores e da Commonwealth e ele ficou muito feliz em representar nosso país no exterior. ‘ESTAMOS DEVASTADOS’ “Estamos arrasados ​​com a perda dele e pedimos privacidade neste momento trágico”. Raab saudou Dick por seu serviço no Ministério das Relações Exteriores. O secretário de Relações Exteriores disse:

“Estou desesperadamente triste com a notícia da morte de Steven e meu coração está com seus pais, Steven e Carol. “Steven era um diplomata dedicado e representou seu país com grande habilidade e paixão. “Ele sentirá falta de todos aqueles que o conheceram e trabalharam com ele”.

A Europa é agora o epicentro global da pandemia que matou mais de 20.000 pessoas, com 10 mortes até agora na Hungria.

Fonte: Brasília In Foco