Alta cúpula do Ministério da Defesa realiza exame para testar possível infecção por coronavírus

86
Print Friendly, PDF & Email

Ao todo 12 exames que incluem ministro e auxiliares realizaram exames no HFA

Por Kleber Karpov

O ministro da Defesa, general de Exército Fernando Azevedo e Silva e onze auxiliares da cúpula do ministério, foram submetidos na manhã desta terça-feira (17/Mar) a exames para detecção de possível infecção pelo coronavírus (COVID-19). Silva, que participou da comitiva do presidente, Jair Bolsonaro, aos Estados Unidos,   chegou a realizar um teste (13/mar), mas testou negativo para o COVID-19.

De acordo com informações, de fonte de Política Distrital (PD), sob sigilo de identidade, foram realizadas 12 coletas no Hospital das Forças Armadas (HFA) e encaminhadas para o laboratório Sabin para a realização dos exames das amostras.

O que diz o Ministério da Defesa

Após publicação da matéria, por meio da Assessoria de comunicação, o Ministério da Defesa informou que “Na sexta-feira, (13.03), o Ministério da Defesa informou que o resultado do exame do Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, para COVID-19 deu negativo. O laudo oficial foi emitido, na tarde daquele dia pelo Hospital das Forças Armadas/SABIN. “.

No entanto, o portavoz da presidência da República, Otávio Rêgo Barros, confirmou que membros da presidência e de “alguns” ministérios, voltaram a se submeter a novos exames para testar o COVID-19.

Atualização: 17/03/2019 às 13h20