Caso suspeito de Coronavírus no Hran é descartado

A Secretaria de Saúde afirmou que o Coronavírus foi totalmente descartado

154


Print Friendly, PDF & Email

Por Ana Paula Oliveira

Além de um caso de suspeita confirmado na terça-feira (24/fev) em São Paulo (SP), no DF, um paciente também foi mantido isolado, no Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), com indícios de contaminação pelo Coronavírus. A possível vítima deu entrada no hospital na madrugada desta quarta-feira (26). Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) a doença já matou quase 3 mil pessoas na China e em outros 33 países.

Felizmente a nota divulgada pela Secretaria de Saúde do DF, no início da tarde, revela que os sintomas do paciente não se encaixam na descrição da doença. A nota informou, ainda, que o Hran é a unidade habilitada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para os eventos de sentinela e está preparado para qualquer caso envolvendo o Coronavírus.

A SES divulga a situação epidemiológica do novo Coronavírus em seu site onde a população pode se orientar em relação aos possíveis casos suspeitos e ou confirmação de infecção.

Santa Lúcia

Publicidade

Um segundo caso também no DF foi descartado na quinta-feira (27/Fev), esse de paciente internado no Hospital Santa Lúcia. De acordo com nota do hospital, os exames deram negativo para o coronavírus, o paciente continua em internado, em observação, mas está com quadro estável.

Caso no Brasil

O caso confirmado, preliminarmente, de infecção com o vírus Coronavírus (Covid-19) foi registrado em paciente de 61 anos, que esteve retornou de Lombardia, Itália (21/Fev). Internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo (SP), o idoso está com quadro estável, está em casa, mas deve ficar em isolamento por 14 dias, além de ser submetido a um novo teste, nesta quarta-feira (26/Fev), para confirmação do diagnóstico.

Atualização: 28/02/2020 às 0h16