Assembleia Regional no Hospital Regional de Sobradinho mobiliza servidores na cobrança pela incorporação da GATA

215


Print Friendly, PDF & Email

Por Leandro Montes

Na manhã desta quinta-feira (20), a direção do Sindate realizou, no auditório do Hospital Regional de Sobradinho, Assembleia Regional com os auxiliares e técnicos em enfermagem com o objetivo de informar os profissionais sobre o andamento da incorporação da Gratificação de Atividade Técnico-Administrativa (GATA). Durante o encontro, os diretores do sindicato destacaram o histórico de lutas da entidade pela incorporação e as ações a serem implementadas.

Com expressiva participação dos servidores, a direção do sindicato destacou a necessidade da unidade dos trabalhadores no processo de mobilização do Sindate, em que busca pressionar o governo na definição de uma data para o pagamento da 3ª parcela da Gratificação. Os diretores ressaltaram o histórico de lutas e o compromisso da entidade pela incorporação e por outras reivindicações da categoria.

O diretor Newton Batista enfatizou a importância da representatividade do deputado distrital Jorge Vianna (Podemos) nas cobranças ao governo das reivindicações dos servidores. Batista salientou que graças ao empenho do distrital, foi possível ter a aprovação de previsão orçamentária para a incorporação da Gratificação, sancionada na Lei de Diretrizes Orçamentárias em janeiro, bem como a destinação de recursos para a implementação do plano de carreira dos auxiliares e técnicos em enfermagem.

Durante as próximas semanas, a direção do Sindate continuará percorrendo as unidades hospitalares do Distrito Federal para realização das Assembleias Regionais, que tem como objetivo aproximar o sindicato a alinhar com os servidores as próximas atividades a serem realizadas na cobrança pela incorporação da GATA. O cronograma das próximas reuniões será divulgado nas redes sociais do Sindate.

Publicidade

No encontro com os trabalhadores desta quinta-feira, também participaram o presidente do Sindate, João Cardoso e os diretores Moisés de Miranda e Elza Aparecida.

Fonte: Sindate-DF