Hospital Materno começa a usar o sistema Sisleitos

90


Print Friendly, PDF & Email

Com o Sisleitos é possível saber a disponibilidade nas unidades públicas de saúde

Por Nivania Ramos

O Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib) agora conta com uma ferramenta de trabalho disponível na rede, o Sistema de Informação em Saúde – Leitos (Sisleitos). A iniciativa, implantada nesta segunda-feira (16), visa aperfeiçoar e otimizar o controle sobre todos os leitos existentes na rede pública de saúde do Distrito Federal.

“Com essa conquista, podemos melhor atender a população, visto que todas as admissões, altas e bloqueios dos leitos podem ser acompanhadas. Assim, o controle pode ser mais preciso, permitindo que a gente tome decisões mais rápidas e eficientes”, explica o diretor do Hmib, Rodolfo Alves Paulo de Souza.

A Central de Regulação de Internação Hospitalar (Cerih) do Complexo Regulador em Saúde do Distrito Federal (CRDF) monitora as filas e a disponibilidade de leitos nas várias unidades hospitalares, bem como o processo de regulação para os leitos disponíveis. O sistema permite saber, em tempo real, qual é a oferta em cada unidade hospitalar.

Publicidade

O Sisleitos já está implantado em toda rede, inclusive nas UPA, com mais de 80% dos médicos da rede cadastrados e ativados.

“O Hmib está empenhado em fazer o sistema funcionar. Os benefícios são muitos, como a imparcialidade na concorrência por leitos de Enfermaria, a geração de dados reais de internação e ocupação, o monitoramento da ocupação pela Central de Regulação e as pactuações entre as regiões”, ressalta o coordenador do Complexo Regulador de Saúde, Petrus Sanchez.

Fonte: Agência Saúde DF