Servidor de duas carreiras, deputado João Cardoso reforça Frente Parlamentar em Defesa das Estatais do DF

84


Print Friendly, PDF & Email

Contrário às privatizações das empresas públicas do Distrito Federal, o deputado João Cardoso (Avante) é um dos nove nomes que integram a Frente Parlamentar em Defesa das Estatais, lançada no último dia 10 de outubro, na Câmara Legislativa do DF. Representantes e servidores da Caesb, CEB, BRB, Codeplan e Metrô participaram da solenidade de lançamento e defenderam a função social das empresas públicas.

Professor da Secretaria de Educação e auditor fiscal de Atividades Urbanas, João Cardoso tem se manifestado em plenário contra as possíveis desestatizações. Ele, que tem como uma de suas principais bandeiras a defesa dos servidores, ganhou notoriedade na imprensa local desde a primeira sessão da CLDF ao votar contra a ampliação do modelo do Instituto Hospital de Base, em janeiro. Em um ato histórico, foi autor da inédita audiência pública que debateu, em fevereiro, as condições de trabalho dos servidores da própria CLDF.

“Como servidor eu jamais, nesses dez meses de mandato, me furtei a estar junto dos servidores. Desde o primeiro projeto (ampliação do IHB), eu procurei visitar as unidades de saúde e conversar com as bases”, afirmou.

Em seu pronunciamento, João Cardoso classificou como “burburinho” a intenção de privatização das estatais e denominou os servidores como “os verdadeiros guardiões dessas empresas”. Também destacou sua participação na audiência pública em defesa da CEB, que ocorreu em junho. Para ele, é possível buscar soluções para o GDF e as empresas a partir do estudo de dados técnicos e sem privatizar.

“Temos de sentar, conversar e achar a melhor solução para ambos os lados. Se o governo tem essa intenção, e eu acredito que tem, nós devemos sentar juntos com esta frente parlamentar para discutir”, avalia.

Publicidade

Fonte: Ascom João Cardoso