Número de mamografias do DF é ampliado no Outubro Rosa

82


Print Friendly, PDF & Email

Por meio de parceria, clínica particular disponibiliza 300 exames a pacientes da rede pública

Com uma oferta superior a 3 mil mamografias mensais e sem fila de espera para a realização do exame, a Secretaria de Saúde inicia o Outubro Rosa ampliando, ainda mais, a disponibilidade do procedimento. Nesta terça-feira (1º/10), por meio de uma doação de clínica particular, 300 mamografias foram disponibilizadas para pacientes da rede pública.

Para facilitar a logística e devido à localização, o Centro Clínico Jardim Botânico priorizará as mulheres da Região de Saúde Leste, que compreende São Sebastião, Jardim Botânico, Itapoã e Paranoá.

“A dinâmica para essa assistência consiste na ida das mulheres às unidades básicas de saúde. Após o atendimento pela Equipe da Saúde da Família, elas sairão com a solicitação do exame”, explica a secretária-adjunta de Assistência à Saúde, Lucilene Florêncio.

A faixa etária para o exame é de 50 até 59 anos, conforme protocolo do Ministério da Saúde. “Com o pedido em mãos, a paciente pode procurar a clínica e, após o exame, havendo alterações, essa mulher entra no fluxo de atendimento da secretaria para fazer o tratamento que se fizer necessário”, completa Lucilene Florêncio.

Publicidade

A parceria com a clínica é mais uma das diversas ações que serão realizadas durante todo este mês pelo Governo do Distrito Federal. “Sempre que temos a oportunidade, em um momento emblemático como o Outubro Rosa, buscamos participar das ações. Isso faz parte da política social da empresa”, acrescenta o proprietário do centro clínico, Mauro Heub.

A abertura oficial da programação do Outubro Rosa está prevista para a próxima quinta-feira (3), quando a Secretaria de Saúde divulgará mais detalhes de todo o atendimento que será realizado durante a campanha.

Fonte: Agência Saúde DF