HBDF 59 anos: Sessão solene da CLDF, presidida por Jorge Vianna homenageia servidores do Hospital de Base do DF

87


Print Friendly, PDF & Email

Deputado Jorge Vianna resgatou história do HBDF e importância do papel dos profissionais de saúde para garantir funcionamento do Hospital

Por Kleber Karpov

A Câmara Legislativa do DF (CLDF), realizou na manhã desta segunda-feira (9), sessão solene em comemoração aos 59 anos do Hospital de Base do DF (HBDF). Presidida pelo deputado distrital, Jorge Vianna (Podemos), o parlamentar, egresso da Saúde, homenageou profissionais de saúde, autoridades, voluntários e servidores presentes, responsáveis por garantir o funcionamento da unidade.

A mesa composta, além de Vianna, foi composta pelo secretario de Estado de Saúde do DF, Osnei Okumoto, a administradora da Região Administrativa Plano Piloto, Ilka Teodoro, os diretores de Administração, e de Logística e Serviços do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (IGESDF), general Manoel Pafiadache e Cíntia Teles, respectivamente.

Na abertura da sessão, no jardim do HBDF, Vianna lembrou que o hospital que atende diversas especialidades médicas é o segundo maior, em quantidade de leitos, da região Centro-Oeste do país e apresentou números da unidade de Saúde. Dentre esses, os mais de 600 mil atendimentos anuais realizados no Pronto-Socorro e no ambulatório, além de 12 mil cirurgias contabilizados pelo hospital.

Publicidade

Vianna falou ainda, sobre a conversão, em 2017, do HBDF em Instituto Hospital de Base do DF (IHBDF), e posterior passagem da gestão ao Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (IGESDF), aprovado pela CLDF, em janeiro desse ano.

Valorização

Durante a sessão solene, Vianna observou que os profissionais de saúde, ao longo dos últimos anos, se tornaram vítimas do processo de degradação da saúde e dos sucessivos processos de mudanças dentro da estrutura da Saúde.

Sob esse prisma, o deputado pontuou que, em geral, os profissionais de saúde são tratados com descaso a ponto de serem considerados culpados, seja pelo governo ou pela opinião pública, pelos problemas de atendimento à população. “Temos que tirar esse estigma dos servidores da saúde, de que a saúde está ruim, por nossa culpa.”.

Vianna reconheceu o empenho, por parte da atual gestão, de se tentar melhorar a saúde pública do DF, e também, da abertura de diálogo, por parte do secretário de Saúde para com os servidores. Porém, na avaliação do parlamentar, tais mudanças ainda acontecem em passos lentos. Sob esse prisma, o deputado ponderou, que atua na CLDF, junto ao Executivo, seja com o governador ou demais gestores, no sentido de se garantir a valorização dos servidores da saúde.

Humanização

O general Manoel Pafiadache, ressaltou o papel do atendimento humanizado por parte do IGESDF, ao mencionar que mesmo com capacidade de internação de 95 leitos, e com 179 pessoas internadas, inclusive em corredores, que ainda assim, os usuários do HBDF recebem toda assistência por parte do hospital.

“Muito tem se falado do nosso hospital, mas eu quero fazer um depoimento de quem está percorrendo diariamente no nosso hospital. Quero caracterizar para todos a enorme ação humanitária que é realizada aqui dentro. Eu posso caracterizar o que estou dizendo pelo simples comprovante de que, nós hoje temos 95 leitos do nosso pronto socorro, e nesse momento nos estamos com 179 pessoas no pronto socorro. Bem mais que a nossa capacidade. Aí mostra a qualidade da ação humanitária que a gente faz. Recebemos a todos. Ninguém fica dentro de ambulância, para ninguém é dito não, quando chegam no nosso hospital. Estão em corredores. Sim, estão em corredores. Mas estão assistidos, estão alimentados, enfim, estão com acompanhantes do lado, enfim, com a hotelaria sempre em dia, enfim, todo aquilo que a gente pode fazer.”, disse Pafiadache.

Produtividade

Ao se pronunciar, Okumoto falou sobre capacidade produtiva dos profissionais do HBDF, reconhecida pelo atendimento de trauma e procedimentos de alta complexidade. Com 6.267 cirurgias realizadas de janeiro a julho deste ano, a unidade lidera a produtividade entre os 14 hospitais públicos do Distrito Federal.

“A grande força que vocês têm é sua competência no trabalho. Tenho andado por vários locais e observei o empenho e a presteza dos profissionais envolvidos com a saúde”, frisou o secretário de Saúde.

Homenagem

Em reconhecimento a importância dos profissionais de saúde, Vianna conferiu homenagem aos trabalhadores, voluntários a demais colaboradores que garantem o funcionamento do HBDF. “Meu papel é mostrar para a sociedade que os trabalhadores da Saúde estão trabalhando, com muita vontade, para poder tentar dar o melhor à população. Por que é isso, que nós nos propusemos.”.

Após serem agraciados ao som de saxofone e violão, por parte de dueto do Corpo de Bombeiros do DF (CBMDF), com a execução do Hino Nacional Brasileiro, além das músicas ‘We are the champions’ da banda Queem e ‘Heal the World’ de Michael Jackson, na abertura da sessão solene, ao término, os profissionais de saúde, voluntários e autoridades, receberam, por parte do deputado, foi a entrega de moção de louvor, pelos relevantes serviços prestados à população do DF.

Com informações de Jorge Vianna/Agência Saúde DF