Sessão solene em comemoração a 80ª Semana da Enfermagem lota auditório da CLDF

154


Print Friendly, PDF & Email

Desfile de roupa de época, lançamento de livro e emoção homenagens

Por Kleber Karpov

Na noite de segunda-feira (20), o deputado distrital, Jorge Vianna (Podemos), presidiu a sessão solene da Câmara Legislativa do DF (CLDF), para comemorar a 80ª Semana Brasileira de Enfermagem, em homenagem aos auxiliares e técnicos em enfermagem e os enfermeiros do DF. Realizada no auditório da Casa, cerca de 1.000 profissionais de saúde, participaram do evento.

Dentre as homenagens, um desfile de vestimenta, de época, da enfermagem; entrega de títulos de cidadãos honorários, ao presidente do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF (Sindate-DF), João Cardoso da Silva, e a enfermeira aposentada e escritora, Onã Silva; o lançamento do livro ‘De borracheiro a Deputado Distrital samuzeiro’, biografia autorizada do deputado Jorge Vianna, de autoria de Onã da Silva Apolinário, além de entrega de certificados a cerca de 500 profissionais de saúde.

Composição da mesa da sessão solene – Foto: Wilter Moreira

Além de Vianna, na condição de presidente da Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC) da CLDF, a mesa da sessão solene foi composta pela , deputada distrital, Arlete Sampaio (PT), o secretário-adjunto da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF), Sérgio Luiz da Costa, o diretor de Enfermagem da SES-DF, Luiz Antônio Roriz de Buenos, o gerente do Atendimento pré-Hospitalar Móvel do Serviço de Atendimento Móvel do DF (SAMU-DF), Paulo Riberto de Oliveira Almeida; os presidentes da União Geral dos Trabalhadores –DF (UGT-DF), Newton Cleiton Batista, da Associação Brasileira de Enfermagem (ABEN-DF), Rosalina Aratani Sudo, do Conselho Regional de Enfermagem do DF (Coren-DF), Marcos Wesley de Sousa Feitosa, da Academia Internacional de Poetas e Escritores de Enfermagem (Academia Ipê), Onã Silva, do Sindate-DF, João Cardoso, do Sindicato dos Enfermeiros do DF (Sindenfermeiro-DF), Dayse Amarilio, a representante dos trabalhadores dos hospitais privados do DF e a Gerente de Enfermagem do Hospital Santa Lúcia, enfermeira Maria Elenita Soares da Silva.

Publicidade
Modelos desfilam com vestimentas, de épocas, da enfermagem – Foto: Wilter Moreira

 

Sessão solene

Na ocasião, Vianna fez um breve relato da trajetória pessoal, da chegada ao DF, a atuação profissional, até chegar a enfermagem, que o alçou a vaga de distrital, na CLDF, pelas lutas travadas em defesa dos profissionais de saúde do DF. O parlamentar se disse emocionado por presidir a sessão solene.

Nunca pensei que um dia estaria aqui, presidindo uma sessão como esta. Estou emocionado em ver tantas pessoas que acreditam que a enfermagem pode mudar a vida das pessoas. A saúde é o bem mais precioso, o qual requer cuidados diários para sua manutenção, sendo necessária para obtenção de qualidade de vida”, disse.

A deputada distrital, Arlete Sampaio, reafirmou a importância dos profissionais de enfermagem para o funcionamento da saúde, e pontuou que, ao longo dos três mandatos na CLDF, por poucas vezes viu o auditório tão lotado.

Cerca de mil profissionais de saúde participam de homenagem na CLDF – Foto: Wilter Moreira

Um ponto em comum, entre os expoentes, é a necessidade de valorização dos profissionais de enfermagem. A presidente do Sindenfermeiro-DF, Dayse Amarílio, lembrou a necessidade de se tratar a categoria com equidade, para se superar os desafios da categoria.

João Cardoso, lembrou que o Sindate-DF foi a primeira entidade sindical, a obter a carta sindical no país. “Não fomos os primeiros a pedir o registro, mas fomos os primeiros a conseguir”, disse ao lembrar que a entidade atua, junto a outras entidades classistas para que atuem de forma unida. “Nós queremos defender a enfermagem brasileira, inclusive reduzindo a carga horária de 44 horas semanais para 20 horas no setor público e para 30 na rede privada.”, disse.

A presidente da ABEN-DF, Rosalina Aratani, lembrou que o Sistema Único de Saúde (SUS), maior empregador da enfermagem, está sob ameaça e precisa da união de todos para garantir. “Vamos lutar pela manutenção de um SUS público, com gestão pública, gratuita e de qualidade.”.

Buenos, diretor de Enfermagem da SES-DF, informou que a Secretaria está “lançando um plano de valorização para o servidor”, e chamou atenção ao ponderar que “hoje na gestão eu entendo que palavras são necessárias, mas estamos necessitando de mais ação.”.

O presidente do Coren-DF, Marcos Wesley de Sousa Feitosa lembrou a pauta da categoria, na Semana da Enfermagem, em 2018, era a necessidade de ter um representante na CLDF, algo conquistado com a eleição de Vianna.

Na ocasião, Feitosa lembrou que, além dos enfermeiros, o país tem 1,6 milhões de auxiliares e técnicos em enfermagem e, que no DF, o número supera 36 mil profissionais de nível médio. Dados esse que inspiraram o presidente do Coren-DF a apresentar a minuta de um Projeto de Lei (PL) ao parlamentar. O PL proíbe a oferta de cursos, a distância, a estudantes do nível médio.

O secretário adjunto Sérgio Luiz da Costa lembrou que a enfermagem compõe a maior força de trabalho da Secretaria de Saúde. Atualmente, são 14.371 servidores na área, atuando em todos os níveis de assistência.

Homenageados

Após receber o título de cidadão honorário, João Cardoso, falou sobre a trajetória de vida no DF e a atuação em defensa da enfermagem no DF e em todo país.

Dirigente sindical, João Cardoso lembrou que o Sindate-DF foi a primeira entidade sindical, a obter a carta sindical no país. “Não fomos os primeiros a pedir o registro, mas fomos os primeiros a conseguir”, disse ao lembrar que a entidade atua, junto a outras entidades classistas para que atuem de forma unida. “Nós queremos defender a enfermagem brasileira, inclusive reduzindo a carga horária de 44 horas semanais para 20 horas no setor público e para 30 na rede privada.”, disse.

Onã Silva, por sua vez, declarou, além do amor, a plena confiança nos profissionais de enfermagem. Isso ao ponderar que, embora estivesse presente na sessão solene, para lançar o livro biográfico e receber o título de cidadã honorária de Brasília, no mesmo instante, o filho estava internado em um hospital, recebendo os cuidados de enfermeiros, auxiliares e técnicos em enfermagem.

Confira as fotos

Sessão Solene em Comemoração a Semana da Enfermagem

Confira na íntegra