Com 28 mil candidatos, IGESDF prorroga para sexta(24), inscrições de processo seletivo

2304


Print Friendly, PDF & Email

Instituto divulga quantitativos de candidatos inscritos por vagas

Por Kleber Karpov

O Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (IGESDF) prorrogou, até sexta-feira (24/Mai), o processo de seleção para contratação de 2,4 mil profissionais de saúde que devem cobrir déficits nos hospitais de Base do DF (HBDF), Regional de Santa Maria (HRSM) além das seis Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do DF. De acordo com o IGESDF, 28 mil pessoas estão inscritas, até o momento.

Segundo o IGESDF, que já ultrapassou em mais de 10 vezes, a quantidade de vagas disponíveis, o móvito da prorrogação, se dá devido a “grande procura pelas vagas oferecidas”. Isso com o intuito de dar “mais oportunidades para quem quer disputar uma das milhares de vagas disponibilizadas.”.

Problemas

Publicidade

Porém, o processo de seleção oferecido pelo IGEDF, foi alvo de críticas, entre os candidatos, em decorrência de problemas, com o site do Instituto, apontado como endereço a ser utilizado para efetivação das inscrições, por diversas ocasiões, fora do ar. Além de mudança, para a plataforma utilizada pelo instituto, no site de empregos online, Vagas.com.

Transparência em relação as vagas ofertadas também foram alvo de críticas por parte dos candidatos. Isso porque as 2,4 mil, anunciadas pelo IGESDF, foram refletidas na plataforma do Vagas.com, seja no site do Instituto ou diretamente na empresa de sites de empregos.

Caso esse que levou, o deputado distrital, Jorge Vianna (PODEMOS), enquanto presidente da Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC) da Câmara Legislativa do DF (CLDF), a solicitar informações ao presidente do IGESDF (16/Mai), Francisco Araújo.

Vagas

No anúncio da prorrogação das inscrições para o processo de seleção, o IGESDF divulgou a quantidade de candidato para as mais de 40 funções, que totalizam as 2.420 vagas anunciadas pelo Instituto.

Segundo o IGESDF, os inscritos devem passar por etapas eliminatórias e classificatórias, determinadas no regulamento do processo seletivo. Ainda de acordo com a publicação, aqueles aprovados, devem ser lotados, de acordo com a necessidade das unidades sob gestão do Instituto.