Denúncia do Sindate ao MPT faz com que empresa regularize pagamento de salário dos técnicos em enfermagem

161


Print Friendly, PDF & Email

Por Rayane Fernandes

Após denúncia do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Distrito Federal (Sindate-DF) ao Ministério Público do Trabalho (MPT), em dezembro do ano passado, sobre a falta de pagamento de funcionários pela empresa Prime Home Care, foi realizada, nessa terça-feira (14), audiência com o MPT para resolver a situação.

Segundo a empresa, os pagamentos foram normalizados e estão sendo pagos até o quinto dia útil, como prevê a legislação. O MPT deu 48 horas para que a empresa comprove os pagamentos dos meses de janeiro a abril, ou seja, até esta quinta-feira (16).

Para a diretora do Sindate que acompanha o processo, Josy Jacob, essa é mais uma vitória do sindicato. “As empresas precisam cumprir com as suas obrigações. É direito do trabalhador receber o seu salário. Então, estamos satisfeitos que, a partir da nossa denúncia, a situação tenha se normalizado. Agora, aguardamos a comprovação do pagamento pela empresa ao Ministério Público”, afirmou.

A diretora afirmou ainda que necessário denunciar sempre esse e outros tipos de casos ao sindicato. “É por meio da denúncia que ficamos sabendo o que está acontecendo. Precisamos que os trabalhadores entrem em contato com a gente para informar a situação. Estamos sempre à disposição para atender os nossos profissionais”, comentou.

Publicidade

Entenda o caso

Em dezembro do ano passado, o Sindate recebeu denúncias de funcionários da empresa Prime Home Care sobre a falta de pagamento do salário. À época, a empresa alegava crise financeira e, por isso, não conseguia cumprir com as obrigações. Diante do fato, o sindicato denunciou o caso ao Ministério Público do Trabalho e, após cinco meses de espera, foi resolvido.

Fonte: Sindate-DF