Ministro e secretário de Saúde do DF discutem fortalecimento da Atenção Primária

227
Print Friendly, PDF & Email



Objetivo principal é equipar as unidades básicas de saúde do DF com mais profissionais

Por Leandro Cipriano

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, e gestores da pasta, se reuniram com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, nesta quinta-feira (2), para debater ações voltadas ao fortalecimento da Atenção Primária à Saúde no Distrito Federal. O principal objetivo é alinhar as ações locais com as federais, de forma a prover as unidades básicas de saúde (UBSs) com mais profissionais, principalmente, médicos de família e comunidade.

“Conhecemos as novas propostas que o Ministério da Saúde tem, no longo prazo, para que a Secretaria de Saúde do DF possa caminhar com o governo federal na busca de soluções e efetividade do atendimento à população, pela Estratégia Saúde da Família”, destacou Okumoto, durante o encontro.

Publicidade

No início da nova gestão, a Secretaria de Saúde se deparou com algumas dificuldades na Atenção Primária, que estão sendo trabalhadas. Entre elas, a redução, no Distrito Federal, de 115 para 91 médicos do programa federal Mais Médicos.

Na oportunidade, o ministro se colocou à disposição para ajudar os gestores da Saúde do Distrito Federal, e avaliou as medidas que estão sendo estudadas pelas pastas local e federal para reforçar o corpo técnico de profissionais de saúde.

Participaram da reunião a secretária adjunta de Assistência à Saúde, Renata Rainha; o secretário adjunto de Gestão à Saúde, Sérgio Luiz da Costa; o coordenador de Atenção Primária (Coaps), Elissandro Noronha; e o diretor executivo da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), Marcos Ferreira. 

Fonte: Agência Saúde