GDFNet chega às escolas de Ceilândia

42
Print Friendly, PDF & Email


Rede oferece internet de alta velocidade para os órgãos do governo A ideia é que até 2022 a tecnologia esteja acessível a todas as escolas públicas do Distrito Federal

As escolas públicas de Ceilândia passaram a integrar a Rede Corporativa Metropolitana do Governo do Distrito Federal – GDFNet. A rede é um projeto de expansão tecnológica do governo que oferece serviços e internet de alta velocidade para os órgãos governamentais. A oferta da rede para as 88 escolas urbanas de Ceilândia foi possível graças à parceria realizada entre a Secretaria de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão (SEFP) e a Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF).

Ceilândia foi escolhida como projeto-piloto. A ideia é que até 2022 a rede GDFNet esteja acessível para todas as escolas públicas do Distrito Federal. Atualmente, os serviços disponibilizados pela Subsecretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação da SEFP (Sutic/SEFP) já atendem todas as administrações regionais e secretarias de Estado.

Publicidade

A internet de alta velocidade vai habilitar a implantação de várias ferramentas digitais em desenvolvimento para uso, tanto das escolas, como para a gestão da rede. Algumas já estão prontas para o lançamento, como a plataforma EducaDF Digital e a Intranet. A primeira vai permitir que professores utilizem recursos digitais em suas aulas e a segunda vai concentrar num só portal todos os assuntos do interesse dos servidores da Casa. O EducaDF e a Intranet são projetos da Secretaria de Educação.

De acordo com a subsecretária da Sutic/SEFP, Márcia Sabino Duarte, a iniciativa integra o projeto de expansão tecnológica dos serviços governamentais. “Estamos trabalhando para aumentar e melhorar cada vez mais os serviços prestados ao cidadão. Temos certeza que a tecnologia é uma grande aliada nessa tarefa”, afirma.

Benefícios

O subsecretário da Sutic/SEFP, Cristyan Martina Rocha, destaca que a entrada das escolas públicas na rede GDFNet traz uma série de benefícios ao governo. “Com isso, aumentamos a segurança da rede corporativa e deixamos as escolas mais equipadas para o oferecimento de um ensino púbico de qualidade”, explica. Além disso, ele conta que a política de segurança da informação do governo impede o acesso a conteúdo impróprio para os alunos. “Os pais podem ficar tranquilos em relação a isso”, enfatiza.

O coordenador de segurança de rede da Sutic/SEFP, Glayson Lins, explica que foram construídos 90 quilômetros da rede GDFNet para atender às 88 escolas da Ceilândia, onde além da alta velocidade, todos os serviços e acessos são feitos de forma segura dentro da rede privada do governo. Segundo ele, essa integração das escolas e dos demais órgãos do governo permite a padronização e otimização das atividades realizadas.

Sutic

A Subsecretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação é o setor responsável pela tecnologia de informação do Governo do Distrito Federal, como o Datacenter Corporativo do Distrito Federal, sistemas corporativos de TI e a Rede Metropolitana de Dados, conhecida como GDFNet.

Programa da Secretaria de Educação

A expansão da Rede GDFNet para as escolas de Ceilândia está inserida dentro da Bandeira iNov@, que é a macropolítica de inovação da Rede Distrital de Educação, desenvolvida pela Secretaria de Estado de Educação.

Fonte: Agência Brasília  Com informações da Secretaria de Fazenda