Jorge Vianna realiza audiência pública na CLDF, nesta terça (19), para debater carreiras da saúde da SES-DF

284


Print Friendly, PDF & Email

Para deputado, isonomia da assistência pública à Saúde, deve ser um dos temas centrais do debate, visto que servidores da SES trabalham sete anos, além dos profissionais das demais carreiras  

Por Kleber Karpov

Iniciativa do deputado distrital, Jorge Vianna (Podemos), a Câmara Legislativa do DF (CLDF), realiza, as 10 horas da manhã, de terça-feira (19), Audiência Pública para debater as carreiras Assistência Pública a Saúde (APS), Médica, Enfermeiro e Cirurgião Dentista, da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF).

Para o parlamentar, além dos problemas comuns, a exemplo da valorização do servidor, da prática de assédio moral nas unidades de saúde, um dos temas centrais dos debates deve focar a isonomia dos profissionais ligados a APS, que compreende especialistas, técnicos e auxiliares em saúde de diversas categoria do Plano de Carreiras da SES-DF.

O parlamentar lembra, que pelo atual plano de carreira dessas categorias, esses servidores trabalham sete anos, a mais, que os demais profissionais de saúde da Secretaria de Saúde. “Apenas para situar, os médicos, os enfermeiros e o cirurgiões-dentistas chegam ao final de carreira com 18 anos de trabalho. Mas, os servidores que compõem a Assistência Pública a Saúde levam 25 anos, para alcançarem o mesmo patamar.”.

Publicidade

De acordo com Jorge Vianna, essa ´discrepância´ decorre de “negociação malfeita ainda com o governador Agnelo, algo que ocasionou um enorme prejuízo aos servidores ligados a Assistência Pública à Saúde.”, disse ao lembrar que “com a realização dessa audiência pública, nós vamos abrir espaço para que a Secretaria de Saúde, mas principalmente, os servidores possam se manifestar e levaremos essas demandas ao governador Ibaneis no sentido de tentar sanar essas discrepâncias.”, concluiu Vianna.

Carreiras da Saúde

As carreiras de Saúde foram criadas por meio da Lei nº 87/1989, alterada pelas Leis nº 740/1994, 2.816/2001, 3.320/2004, 4.440/2009 e 5.008/2012. O vencimento do cargo de Especialista em Saúde foi reestruturado por meio da Lei nº 5.249/2013 e, a Lei n.º 5.174/2013, alterou a jornada de trabalho dos Técnicos e Auxiliares em saúde.