Ibaneis libera R$ 43 milhões em emendas para deputados novatos

246
Print Friendly, PDF & Email

Valor foi anunciado em almoço nesta quinta-feira (21/2) e poderá ser utilizado pelos 16 novos parlamentares da Casa

Por Iran Ferraz

Em almoço de cortesia com os deputados distritais nesta quinta-feira (21/2), o governador Ibaneis Rocha anunciou a liberação de R$ 43 milhões em crédito para os parlamentares novatos usarem em emendas. O encontro também serviu para o chefe do Executivo ouvir demandas e sugestões dos representantes da Câmara Legislativa.

“Gostaria de agradecê-los pelo apoio na CLDF e pelas críticas. Convivo com críticas muito facilmente e tiro para a vida o melhor delas. A política, assim como a vida, é feita de resultados e é uma alegria poder governar o Distrito Federal com vocês, que também foram eleitos”, discursou o governador antes de assinar o projeto que será encaminhado à Casa.

Diferentemente dos parlamentares reeleitos, os 16 estreantes ficam sem verba em caixa por não terem elaborado o orçamento deste ano. Assim, o governo encaminhará o projeto para votação na CLDF e, em seguida, o valor será distribuído.

Publicidade

Ibaneis destacou o ambiente democrático e se disse satisfeito com o desempenho da Casa. Sobre o almoço, que ocorreu no Centro Internacional de Convenções do Brasil, destacou a importância do contato direto com cada parlamentar. “É importante esse relacionamento. Estou no meu primeiro mandato como político e não sou nem situação nem oposição. Tenho deixado isso bem claro para os deputados. Quero o melhor para a cidade”, acrescentou.

Ibaneis reforçou que o governo quer ouvir ideias e está aberto a todos. Ele também destacou a possibilidade que os deputados novatos vão ter para utilizar as emendas. “Eles foram eleitos e não podem perder um ano de mandato com seus projetos. É um gesto, está aqui [a verba para as emendas], eles têm esse recurso e precisam saber utilizá-los”, finalizou.

Os deputados também falaram sobre o projeto. Mesmo não tendo direito a repasse, por ter sido reeleito, Reginaldo Veras falou da importância para os novos colegas. “É bom [valor], quando assumimos em 2015 só tivemos direito a R$ 1 milhão. É uma verba bacana, dá para os deputados começarem a atender demandas de suas bases”, disse.

Novato na Casa, Fábio Félix também compareceu ao almoço e pontuou a necessidade da conexão entre o chefe do Executivo e os deputados. “Tem que manter o diálogo. Estamos ali [na CLDF] para atuar e legislar pela cidade. Independentemente do governo, viemos para manter esse diálogo sempre aberto. Ter emendas é bom. Ela pode fortalecer as políticas sociais, áreas importantes da política pública. Emenda parlamentar é importante”, afirmou.

Líder do governo, Cláudio Abrantes elogiou a “conversa institucional”. “Ele [Ibaneis] está inaugurando uma nova maneira de fazer política, dialogando com a oposição. Isso é bom para a política porque assim melhoramos os projetos”.

Fonte: Agência Brasília