GDF vai nomear 330 servidores na Saúde. Entre eles, 200 médicos

1234


Print Friendly, PDF & Email

Funcionários devem tomar posse em até 30 dias, com prioridade para medicina de emergência e médicos de família

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal anunciou nesta quarta-feira (26/9) a nomeação de 330 novos servidores. As áreas prioritárias são medicina de emergência e médicos de família. Entre as unidades beneficiadas está o Hospital Regional de Planaltina (HRP). Os convocados vão suprir os furos nas escalas do plantão de clínica médica no plantão da região. A posse está prevista para ocorrer em até 30 dias.

“Fizemos programações de nomeações ao longo deste ano. Temos um caso ou outro como o da Polícia Civil, que foi submetido ao Tribunal de Contas do DF, e estamos aguardando o desdobramento”, afirmou o secretário da Casa Civil, Relações Institucionais e Sociais, Sérgio Sampaio. Dos novos servidores, 200 são médicos.

O secretário de Saúde, Humberto Fonseca, disse que as áreas prioritárias são médicos de emergência para atender UPAS e prontos-socorros, além de médicos de família. Será criada uma nova categoria, a de médicos emergencistas, com 100 vagas.

“A demanda por saúde pública é muito grande, mas vamos conseguir atender 70% da saúde da família, que era nosso objetivo inicial e, também, reforçar as escalas de emergências”, ressaltou Humberto Fonseca.

Publicidade

Confira quais foram as nomeações: 

  • Patologia clínica: 9
  • Ortopedia: 5
  • Patológica: 6
  • Farmácia: 8
  • Cirurgião dentista: 1
  • Assistente social: 1
  • Nutricionistas: 2
  • Psicólogos: 4
  • Terapeuta ocupacional: 1
  • Biomédico: 1
  • Enfermeiros do trabalho: 4
  • Médicos anestesiologista: 1
  • Médicos cancerologista: 2
  • Cardiologistas: 8
  • Cirurgiões gerais: 11
  • Geriatrias: 3
  • Ginecologistas: 14
  • Infectologista: 1
  • Médicos de família: 44
  • Médico de medicina física em habilitação: 1
  • Médicos emergencistas: 100
  • Nefrologistas: 3
  • Neurologistas: 2
  • Neuropediatria: 2
  • Ortopedista: 1
  • Paliativista: 1
  • Pneumologistas: 2
  • Psiquiatras: 4
  • Técnicos administrativos: 81
  • Técnico em nutrição: 1
  • Técnicos em laboratório: 6

Fonte: Metrópoles