GDF inaugura primeira UBS em Sol Nascente

278


Print Friendly, PDF & Email

UBS n° 16 foi entregue na quarta-feira (27) à população de Ceilândia 

Por Leandro Cipriano

Os moradores do Trecho 1 de Sol Nascente, em Ceilândia, têm, agora, mais próximo de suas casas, a nova Unidade Básica de Saúde (UBS) n° 16. O espaço, entregue nesta quarta-feira (27) pelo governo de Brasília, é o primeiro localizado no Sol Nascente e tem capacidade para atender cerca de 11 mil pessoas.

Uma delas é Kilda Martins, de 31 anos, moradora da quadra ao lado da nova UBS. Para ela, que tem quatro filhos, a unidade traz mais conforto e segurança para sua família. “Vai melhorar 100%. Antes, tínhamos que caminhar muito para ter um atendimento. Agora, está ao lado da minha casa”, comemorou.

“Grande parte dos problemas de saúde da população poderão ser resolvidos aqui, perto da residência das pessoas. Os casos mais complexos, as equipes de saúde da família vão encaminhar para um local adequado”, afirmou o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, durante a entrega da UBS.

Publicidade

O secretário de Saúde, Humberto Fonseca, destacou que o espaço integra os serviços voltados à Estratégia Saúde da Família (ESF). “Isso significa pré-natal feito aqui, crescimento e desenvolvimento das crianças sendo acompanhados, atendimento a diabéticos, hipertensos, grupos de tabagismo, idosos, entre outras situações, além de atender à demanda espontânea”, explicou.

Fonseca ressaltou que urgências e emergências de menor gravidade também podem ser atendidas na UBS, que pode resolver aproximadamente 85% dos problemas da atenção primária.

Funcionamento

A unidade funcionará de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, com três equipes Saúde da Família, todas com suporte de profissionais da saúde bucal, sendo que cada equipe pode atender cerca de 3.750 pessoas.

Ao todo, são 32 profissionais, sendo três médicos, três enfermeiros, três dentistas, três técnicos em higiene dental, seis auxiliares de enfermagem e 14 agentes comunitários de saúde (ACS).

Com 725 metros quadrados de área, a unidade possui nove consultórios médicos e quatro odontológicos, além de quatro ambientes de acolhimento e farmácia. Há, ainda, salas para coleta laboratorial, curativos, vacinação, medicação, esterilização e área administrativa.

Sustentabilidade

As obras, ambientalmente responsáveis, contam com uma estrutura sustentável, que possibilita a reutilização da água da chuva, e um telhado pronto para receber placas fotovoltaicas. Foram investidos R$ 2,3 milhões na construção da unidade, sendo R$ 1.771 milhão de recursos próprios do Governo de Brasília e R$ 529 mil de emenda parlamentar.

A unidade trará benefícios à população e aos servidores, tais como a facilidade de acesso, realocando as equipes das quadras mais próximas para a nova unidade; aumento da oferta de serviços; melhoria da ambiência para o atendimento; e melhoria das condições de trabalho para os servidores e usuários, impactando, positivamente, na qualidade do serviço prestado.

Fonte: Agência Saúde-DF