Saúde de Santo Antônio do Descoberto visita escolas públicas para diagnosticar Tracoma e outra doenças

452
Print Friendly, PDF & Email

Iniciativa faz parte da V Campanha Nacional de Hanseníase, Verminoses, Tracoma e Esquistossomose em Escolares

A Secretaria Municipal de Saúde de Santo Antônio do Descoberto (GO), cidade há cerca de 40 quilômetros de Brasília, é um dos municípios goianos a participar da V Campanha Nacional de Hanseníase, Verminoses, Tracoma e Esquistossomose em Escolares. A Campanha ocorre de  4 à 30 de junho e deve examinar alunos do 26 das 32 unidades de ensino fundamental e médio, nas escolas públicas do Município.

Com o tema ‘Hanseníase, Verminose e Tracoma Tem Cura’, profissionais de saúde, que atuam no Programa Saúde da Escola (PSE), sob a sob coordenação da enfermeira Elizângela, iniciou as visitas as escolas de Santo Antônio do Descoberto.

Publicidade
Alunos são examinados em escolas públicas de SAD – Foto: SMS-SAD

Na segunda-feira (4), um total de 275 crianças foram examinadas, nas escolas Maria de Lourdes Faustino e A Caminho da Luz. Dessas, 48 casos, equivalente a 17,4% foram diagnosticadas com tracoma, uma doença infecciosa que atinge os olhos, também conhecida por ceratoconjuntivite, causada pela bactéria Chlamydia trachomatis (transmitida por moscas).

Os alunos, previamente autorizados, pelos responsáveis, também devem ser medicados, nas unidades de Saúde, contra verminose e esquistossomose. A boa notícia é que não houve casos detectados de Hanseníase.

Para a secretária municipal de Saúde, Antônia Eliane, explicou que, essas doenças são comuns em regiões com populações mais carentes e e a campanha vai ajudar na identificar e atuar na prevenção.

“Temos intensificado a atuação da Secretaria Municipal de Saúde na atenção primária, com foco na prevenção de doenças. Então nessa campanha, nós tivemos apoio de equipe de Formosa e de Goiânia e estamos indo nas escolas públicas de Santo Antonio do Descoberto, já detectamos quase 50 casos de tracoma, apenas no primeiro dia e com isso nós podemos, junto com os familiares, atuar para reduzir drásticamente essas doenças na nossa cidade.”, explicou.

Fique de olho nos sintomas:

Hanseníase: Manchas ou placas esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas, caroços e áreas do corpo com alteração de sensibilidade e/ou comprometimento de nervos.

Verminose: Dores abdominais, diarreia, anemia, perda de peso, palidez excessiva, barriga grande e sangramento intestinal.

Esquistossomose: A maioria dos casos não apresentam sintomas. Pode ocorrer febre, dor abdominal, falta de apetite, diarreia ou prisão de ventre.

Tracoma: Pode ocorrer coceira nos olhos, lacrimejamento, irritação, ardor, intolerância à luz e sensação de areia nos olhos. Alguns casos podem não apresentar sintomas.

Cronograma da Semana

Com informações de SMS-SAD

 

 

Artigo anteriorMPDFT recua e pede manutenção de gestão do Hospital da Criança ao ICIPE
Próximo artigoServidores reclamam de discriminação em concessão das 40 horas na Saúde