Artigo: Entre ovadas e ovacionadas próximo governo do DF começa a se delinear

Print Friendly, PDF & Email

Enquanto Rollemberg leva ovada no aniversário de Ceilândia e Izalci Lucas é ovacionado por forças políticas do DF

Por Kleber Karpov

O sábado (7/Abr) foi um dia que entrou para a história brasileira no cenário nacional, com a efetivação da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva mas, resguardadas as devidas proporções, também para o Distrito Federal. Afinal foi o dia em que se comemorou dois aniversários, que marcam eixos históricos do DF. O de Ceilândia, maior cidade do DF, com cerca de 500 mil habitantes e do deputado federal, um dos prés-candidatos ao GDF, Izalci Lucas.

Publicidade

A festa do 47o aniversário de Ceilândia, de acordo com o GDF, com a participação de aproximadamente 1,5 pessoas contou com a presença do governador do DF, Rodrigo Rollemberg (PSB). Nela, um incidente deu um novo tom à, já desgastada, imagem do socialista. Em um ato de manifestação, duas mulheres foram detidas e depois liberadas, por jogarem ovos, em Rollemberg.

O episódio ganhou notoriedade, além da ovada no governador, propriamente dita, a causa por trás do ato. “Eu estou esperando há dois anos por uma consulta [médica]”, disse uma das jovens mulheres. A outra, a reação, atabalhoada, por parte do Partido Socialista Brasileiro (PSB).

Isso porque, embora detidas, e posteriormente liberadas, as polícias Militar do DF (PMDF) e Civil do DF (PCDF), e até mesmo a Secretaria de Estado de Segurança Pública do DF (SSP-DF), em nenhum momento publicou nota oficial, sobre o episódio. Porém, o PSB se adiantou e, na tentativa de minimizar os danos atribuiu as ovadas “a serviço de opositores do governo”.

Mais que isso, o PSB chegou a afirmar que “a cena toda foi armada com uma filmagem prévia e a continuidade da ação das duas agressoras, que chegaram a atingir a uma criança com sua virulência.”.

Como se não bastasse, durante o evento, o jornalista Douglas Protázio, do Diário da Ceilândia, afirmou ser “hostilizado por integrantes do GDF, seguranças de Rollemberg, da administração de Ceilândia e pelo comando da PMDF” daquela Região Administrativa. A ponto de terem equipamentos apreendidos e serem conduzidos a 23a Delegacia de Polícia

Ao governador do DF, além da ovada ficou a confirmação do descontentamento de cidadãos do DF, com a condução política do DF ao longo dos quase quatro anos de governo, além da deselegância da relação com a imprensa, atípica, diga-se de passagem, mas que lembra as pancadarias de Rollemberg nos professores, na greve de 2015.

Ovacionado

Izalci Lucas é parabenizado por cerca de 5 mil pessoas – Foto: Divulgação

Em outro ponto da cidade, o pré-candidato ao GDF, Izalci Lucas foi ovacionado durante a comemoração do aniversário no Arena Hall, região administrativa Vicente Pires, com a presença de cerca de 5 mil pessoas.

Dentre os presentes, nomes expressivos da classe política do DF, a exemplo do vice-governador do DF, Renato Santana, do senador Cristovam Buarque (PPS), do deputado federal e presidente do PSD, Rogério Rosso, do deputado federal Laerte Bessa (PR), a deputada distrital, Celina Leão (ex PPS, atual PP); os prés-candidatos ao GDF: Alírio Neto também presidente do PTB, Wanderley Tavares, presidente do PRB, Gondim presidente do PMB; além dos presidentes do PPS, Chico Andrade, do Patriota, Paulo Fernando, do PSC, Zenóbio rocha e do PSDC, Silvana Siqueira. Dezenas de postulantes a vagas de deputado federal, a exemplo do ex-secretário de Planejamento do Estado do Maranhão e, de Saúde do DF, Fábio Gondim, e de distritais também se fizeram presentes à comemoração do aniversário de Izalci Lucas.

Embora articule em conjunto para a consolidação da terceira via, na disputa ao Buriti, Izalci Lucas deu uma demonstração de prestígio político que contrapõe a imagem desgastada de Rollemberg.

Atualização:
9/4/18 às 12h52 para correção da legenda do presidente do PRB
9/4/18 às 12h21 para correção da legenda da presidente do PSDC

Artigo anteriorSargento Osair da PMDF ainda precisa de doações de sangue
Próximo artigoFilha de idosa de 61 anos reclama por demora em início de tratamento contra câncer no Instituto Hospital de Base do DF