Antes de Abril: Concursados da Saúde do DF pressionam por nomeações

1036


Print Friendly, PDF & Email

Secretaria anuncia que deve realizar convocações “nos próximos dias”

Por Kleber Karpov

Com pouco mais de um mês para se encerrar o ciclo de nomeações no poder público, em decorrência das Eleições de 2018, concursados que aguardam nomeações em diversos setores da administração pública fazem campanhas para garantir nomeações. Entre os grupos organizados estão profissionais da Saúde e do Metrô.

Na Saúde, enfermeiros, técnicos em enfermagem, administrativos, Raio X, laboratório, nutrição dentre outras categorias pressionam deputados e sindicalistas pelas nomeações.

Saúde

Publicidade

Nas últimas semanas, em uma demonstração de força, os deputados distritais derrubaram o veto parcial de R$ 20.392.156,00, pelo governador do DF, Rodrigo Rollemberg (PSB), previsto no Projeto de Lei (PL) 1.884/18, originária da Lei 6.083/2018, de um total de suplementação aos cofres do GDF de R$ 123.526.830,00 previstos pelo PL para nomeações de servidores.

Com a derrubada do veto além dos R$ 103.134.674,00 para nomeações de livre provimento na Saúde, Rollemberg será obrigado a destinar R$ 14.741.870,00; R$ 3.936.000,00 e R$ 1.714.286,00 para nomear 200 enfermeiros; 120 técnicos em enfermagem e 50 técnicos em radiologia, respectivamente.

O que diz a SES-DF?

Ao ser questionada sobre novas nomeações e as categorias a serem contempladas, por meio de nota, a Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF) afirmou ao Política Distrital (PD) que “há previsão de novas nomeações nos próximos dias.”. Porém, a pasta deixou de informar as categorias e os quantitativos a serem convocados. Segundo a SES-DF, “O quantitativo está sendo finalizado”.