Santo Antônio do Descoberto: Estrada da Barranca da Serra será pavimentada ainda este ano, informa Prefeitura de Santo Antônio do Descoberto

544
Print Friendly, PDF & Email

A tão aguardada obra de pavimentação da estrada Barranca da Serra, em Santo Antônio do Descoberto, deverá sair do papel. A notícia foi divulgada pela própria Prefeitura local, que colocou como previsão do início da obra, no próximo mês de abril.

Esperada pelos moradores da região, a pavimentação asfáltica da pista é uma reivindicação antiga e deve contribuir para a melhoria do tráfego de veículos pelo local. Por se tratar de uma região com grande fluxo de pessoas, a obra é considerada como um avanço pela gestão do atual prefeito de Santo Antônio, Dr. Adolpho.

A obra só foi possível, segundo a prefeitura, porque o município conseguiu apoio, por intermédio do vice-governador de Goiás, José Eliton, do governo estadual. O apoio foi fechado entre os governos em reunião ocorrida na capital Goiânia, no dia (11) deste mês.

Publicidade

“Estamos administrando bem todas as variáveis deste projeto. Não temos dúvidas de que Santo Antônio do Descoberto dará um salto de qualidade enorme na competitividade da produção agrícola em nosso município pela facilidade de escoamento da produção. Esta obra significa mais negócios, mais desenvolvimento e mais geração de emprego e renda para nossa população”, diz o prefeito de Santo Antônio, Dr. Adolpho.

O prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango, acredita que a obra deverá beneficiar não só Santo Antônio como também toda região do Entorno do Distrito Federal. “A gestão de Dr. Adolpho acaba de conseguir benefícios que ultrapassam os limites de seu município, pois a pavimentação de uma estrada importante, como é a Barranca da Serra, contribui para o escoamento da produção de todos os municípios vizinhos do DF”, ressalta Hildo.

Fonte: AMAB

Artigo anteriorAo vivo: Acompanhe o julgamento de recurso do ex-presidente Lula
Próximo artigoOrganização Social, gestora do Hospital da Criança de Brasília, se posiciona sobre decisão do TJDFT